Decidir qual caminho profissional seguir é um verdadeiro desafio para muitos estagiários e aprendizes. Isso porque atuar em uma área agradável e com retorno financeiro parece uma missão complicada, cheia de incertezas. Segundo um levantamento da Cmov, 82% dos adolescente têm dúvidas ou simplesmente não sabem qual carreira seguir. Esse é o seu caso? Conhece alguém nessa situação? Para esclarecer diversos pontos, continue nesta matéria! 

Como fica a saúde mental de quem precisa traçar seu futuro? 

Com a pandemia, a saúde mental dos brasileiros piorou em níveis expressivos. Isso pode dificultar ainda mais a decisão dos jovens. Um estudo publicado pela revista científica Jama Pediatrics, da American Medical Association, apontou: os sintomas de depressão e ansiedade em crianças e adolescentes dobraram desde o surgimento desse advento. 

Ademais, o isolamento social, sem contato com colegas e professores, acabou complicando ainda mais essa escolha. Tendo em vista o quanto esse distanciamento prejudica o bem-estar, principalmente, em momento de formação de diversos aspectos. 

Conforme uma pesquisa realizada durante a crise sanitária pela Inteligência em Pesquisa e Consultoria (Ipec) e divulgada pelo laboratório Pfizer, com 2 mil pessoas na faixa etária de 18 a 24 anos, 39% apontaram uma piora nesse quesito e 11% foram ainda mais expressivos nesse agravamento. Ou seja, a maior parte dos brasileiros foram afetados e isso gerou muitos impasses na dimensão corporativa, desde seu ingresso até a permanência dos profissionais. 

Para Mariana Reis, atualmente discente de medicina pela Faminas (Faculdade de Minas), em Belo Horizonte, os momentos pré vestibular são extremamente estressantes. “Sinto uma grande pressão por parte da sociedade e da própria família com recém formados, principalmente, quem não passou direto para uma universidade. No meu caso, logo após me formar, fiquei um semestre sem saber por onde seguir, com a ansiedade a mil por hora, tirando meu sono”. 

É imprescindível um apoio advindo de quem está ao redor desses alunos para auxiliar nessa escolha. “Tinha muitos planos e sonhos, mas o sentimento de nada estar dando certo era enorme, até achar uma profissão com maior segurança e garantia de um apoio vindo da minha família”, completa Mariana. 

Como incidir sobre a ansiedade dos jovens recém formados? 

Segundo especialistas, há possibilidades de diminuir essa angústia. Entre as opções mais viáveis, pedir ajuda é sempre uma boa saída. “Outra alternativa válida é conversar com quem já atua nas áreas de interesse. Assim, é possível ter uma visão realista e não romantizada da profissão e do mercado de trabalho”, afirma Karoline Hasse, psicóloga e coordenadora de pessoas e cultura da startup PhoneTrack. 

Se optar ainda está difícil, mesmo com uma visão originada de um expert, testes vocacionais podem ajudar. Consoante à Mariana, o melhor conselho é ter calma. “Sejam pacientes. Não se sintam pressionados para decidir uma profissão na qual você não praticará com excelência e amor”, recomenda. 

Além disso, ela destaca sobre as dificuldades desse ciclo para a maior parte dos alunos. “Normalmente, essa fase é muito confusa e muitos dos nossos desejos não serão realizados logo de cara, mas é importante tomar um caminho com certa segurança, seja emocional ou financeira, para dar paz em seu coração”, destaca a discente de medicina. 

De acordo com Karoline, “o momento de decidir, por si só, já gera uma carga de ansiedade muito grande. Os jovens podem amenizar esse sentimento pensando nas atividades nas quais eles desejam desenvolver pelos próximos cinco ou dez anos. É importante lembrar: as pessoas mudam de interesse ao longo do tempo e pensar num futuro a médio e longo prazo tira um pouco desse peso”, finaliza a psicóloga.

Enfim, o Nube entende como esse momento é difícil para a maior parte dos estudantes.  Por isso, compartilhamos diariamente diversos conteúdos com opiniões de especialistas de inúmeros segmentos, para descomplicar a escolha de qual carreira seguir a partir de experiências reais. Lembre-se: conte conosco para atingir o sucesso, independentemente de qual profissão você decidir para a sua vida!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe