Com o avanço tecnológico e sua necessidade latente em todos os setores, os ataques de hackers se tornaram cada vez mais frequentes e poderosos. Segundo pesquisa da IBM (International Business Machines Corporation), os custos desses crimes cibernéticos aumentaram em 2021, passando de US$ 3,8 milhões para US$ 4.2 milhões a cada violação, chegando à média mais alta nos últimos 17 anos. Todavia, como proteger os negócios? Você tem um time capacitado? Invista em estagiários, aprendizes e no seu colaborador para evitar esses problemas. 

Conforme levantamento da Kaspersky, entre fevereiro e abril de 2020, esses golpes ultrapassaram 333% se comparados com o mesmo período do ano anterior. Para Guilherme Barros, desenvolvedor back-end junior na Tamppa E-commerce Intelligence e discente do tecnólogo de segurança da informação na Fatec de São Caetano do Sul, “um dos principais fatores para esse aumento é a quantidade de dados importantes sendo trafegados sem a consciência de sua relevância e valor. Dessa maneira, não fazem as precauções necessárias, ficando suscetíveis”, explica. 

Entenda como se prevenir de crimes cibernéticos 

Em primeira instância para iniciar essa prevenção, Barros explica: “é vital sempre manter um antivírus instalado e atualizado, com checagens constantes no sistema. Também, é essencial ter cuidado com links e sites, pois a maior parte dos malwares infectam os usuários utilizando esses meios”. 

Pensando nisso, o especialista em cibersegurança da Vaultree, startup irlandesa experiente em criptografia como serviço (Encryption-as-a-Service), Shaun McBrearty, selecionou algumas dicas de como prevenir possíveis investidas digitais, bem como, manter a privacidade e resguardar informações de clientes e parceiros.

infográfico 15-12-21

  • Instrua seus colaboradores

“Muitas vezes é preciso começar pelo básico”, destaca McBrearty. Assim como aconselhado por Barros, conscientizar os colaboradores sobre os perigos on-line e a existência de domínios estranhos é o primeiro passo. Tomar cuidado com e-mails suspeitos também é um princípio, pois eles podem desencadear em desfalques nas operações corporativas. 

  • Entenda o mapeamento de dados da sua empresa

É fundamental conhecer os seus mecanismos, saber onde estão os dados e como recuperá-los, caso aconteça algum imprevisto. Isso permite um maior controle e torna mais fácil localizar vazamentos e hackers, deixando menos tempo para explorar as informações expostas. Conforme Barros, “a maior parte dos ataques acontecem como não esperamos. Por conta disso, é necessário ter um planejamento de desastres, dessa forma, se acontecer, a empresa consegue recuperar e minimizar as perdas o mais rápido possível.”

  • Aposte em criptografia

Criptografia é a construção e análise de protocolos, impedindo terceiros de lerem informações privadas com o intuito de manter a segurança. Esses conhecimentos  sensíveis são guardados ou transmitidos de maneira segura, por intermédio dessa inovação. Esse serviço é a próxima geração de confiabilidade e é a forma mais fidedigna de realmente mantê-los protegidos. 

  • Esteja totalmente no controle

Implemente um modelo no qual apenas você, ou sua organização, esteja no controle de todas as referências propagadas. “Use um software de segurança cibernética sem entregar sua chave de criptografia. Você deve ser o único com o poder de acesso e decidir quem pode, eventualmente, utilizá-lo”, destaca o especialista. 

  • Criptografia como serviço

Essa prática fornece às instituições garantia em nível superior, por intermédio de uma circunstância simples, compatível, de fácil manuseio e escalável. “Nós acreditamos: esse é o futuro da segurança cibernética, tornar a criptografia mais acessível, mudando a forma como lidamos com isso”, diz McBrearty. Com essa tecnologia, é possível ter a certeza de relatórios seguros, independentemente de onde estiverem armazenados, bem como, aumenta a confiança dos consumidores nas transações do empreendimento. 

Atualmente, a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) auxilia nesse controle e promove ações para tornar seu acesso mais inviolável, de modo a salvaguardar seus utilizadores, bem como, as entidades responsáveis. Ademais, no Nube, todos os colaboradores fizeram cursos acerca desse uso e das novas regras, assim como, é recomendado às organizações treinar seus estagiários, aprendizes e profissionais. Afinal, uma boa gestão deve investir em capacitação constante, em todas as áreas sensíveis e estratégicas da sua companhia, seja ela de qual tamanho for. 

Por fim, postamos conteúdos diários, para amparar você nas tendências do mercado, bem como, te preparar para o futuro dos negócios, no qual os dados protegidos serão ainda mais cruciais para as operações. Acompanhe nosso blog, onde compartilhamos dicas exclusivas para os gestores, e fique por dentro das novidades corporativas. Conte com o Nube!

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe