Em meio a situações diversas de estresse e confronto pessoal, é natural o surgimento ou o agravamento de transtornos de estresse pós-traumático, ansiedade generalizada, pânico e outros sintomas decorrentes de um momento carregado de medo, tensão e angústia. Isso vem afetando os funcionários, estagiários e aprendizes. Desde o início da Covid-19 até hoje, a saúde mental é a preocupação com maior crescimento entre os brasileiros: de 26% para 45%, segundo a The Bakery.

Além dos aspectos físicos e biológicos, também devemos estar sempre atentos ao emocional. O esgotamento é muito comum em épocas de excesso de desequilíbrio mental. A exposição aos traumas pode intensificar a sensação de desgaste. ”Algumas características geram total descontrole de suas ações e pensamentos. Também pode ser classificado como fadiga”, explica a psicanalista Andrea Ladislau.

O cansaço mental

Cansaço excessivo, dor de cabeça frequente, alterações no apetite, insônia, dificuldades de concentração, sentimentos de fracasso e insegurança, negatividade constante, desesperança, alterações repentinas de humor, isolamento, pressão alta, dores musculares, problemas gastrointestinais, alteração nos batimentos cardíacos, entre outros. Infelizmente, essas são as respostas de nossa mente em momentos desagradáveis.

Os aspectos mais afetados na vida das pessoas no último ano são, em primeiro e segundo lugar, a saúde mental e o trabalho, seguidos pelas relações de amizade, finanças e família. Os dados estão na mais nova pesquisa “Tendências do setor de bem-estar: o impacto da flexibilização da quarentena”.

A coleta de dados foi realizada no período de 24 de agosto a 10 de setembro de 2021, por meio de pesquisa on-line e voluntária em todas as regiões do Brasil, com 512 pessoas de todas as idades. Trata-se do segundo estudo comparativo em relação à primeira versão de meados de 2020 intitulada “O que tem tirado o sono dos brasileiros”, quando os entrevistados disseram estar dormindo pior.

De acordo com Andrea, a sensação mais comum é a falta de controle, a incerteza com os dias futuros e uma instabilidade relativa a tudo. “Além disso, observa-se um aparente desespero e uma demonstração de impulsividade e, em alguns casos, até podemos perceber evidências mais graves”, comenta.

Para vencer esse problema é necessário ter consciência das preocupações e descobrir qual o gatilho para o início da sensação. É importante perceber onde estão ancoradas a angústia e a dor. É preciso serenidade e tranquilidade para nossa vida. Nós vencemos o medo e a insegurança quando trabalhamos a nossa inteligência emocional.

Os cuidados com a saúde mental

No Brasil, os pedidos de afastamento do trabalho por causa de transtornos dessa natureza aumentaram 26% em 2020, em comparação com o ano anterior, segundo dados da Organização Mundial da Saúde - OMS. A busca por suporte terapêutico também subiu. A Telavita, clínica de saúde mental digital, registrou um crescimento de 400% nos atendimentos realizados no primeiro semestre de 2021, em relação ao mesmo período em 2020.

Por ter parceria com os principais planos de saúde corporativos do país, a plataforma percebeu o grande movimento na demanda empresarial. "A procura das organizações é crescente. Isso demonstra como o tema vem ganhando mais atenção ultimamente", afirma a psicóloga Milene Rosenthal.

Dentre os serviços mais buscados, está o Programa de Saúde Emocional - PSE. É feita uma avaliação do indivíduo e sugerido um tipo e duração de terapia adequados a cada caso, com acompanhamento da evolução do tratamento, do início ao fim. Em 78% deles, o resultado foi positivo.

Para Milene, é preciso contar com profissionais adequados para cada cargo. Assim, é possível lidar com um estagiário, um CLT ou alguém da liderança com a mesma assertividade. "Por isso, deve-se buscar terapeutas com conhecimento do mundo dos negócios e a necessidade de alta performance diariamente".

Logo, fique de olho em como está o seu psicológico e da sua equipe. Essa questão afeta diretamente no sucesso da instituição. Se está procurando talentos para fortalecer o seu time, entre em contato com o Nube!

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe