Neste fim de ano, as empresas estão planejando o calendário para 2022. Uma das grandes preocupações é a administração de pessoal. Sejam estagiários, aprendizes ou CLTs. De acordo com a Mazars, por muito tempo essa foi considerada uma área de compliance e de menor relevância do Recursos Humanos, em função das burocracias.

Contudo, nos dias de hoje, já atinge o status de departamento estratégico, capaz de facilitar o negócio.
"Uma gestão adequada da folha de pagamento, estrutura, benefícios e remuneração pode impactar positivamente indicadores financeiros relevantes para o negócio”, afirma o diretor da Mazars, Bruno Giannella. Segundo o gestor, isso inclui por exemplo, a produtividade, retenção, margem, custos, capital de giro e fluxo de caixa".

A nova cultura corporativa

O contexto de pandemia evidenciou um processo, já iniciado há alguns anos, diante da busca por maior flexibilidade por parte dos novos profissionais do mercado e também pelas próprias corporações. Diante do avanço dos recursos digitais e do interesse em tornar suas estruturas organizacionais mais eficientes e dinâmicas, elas passaram a investir, de modo cada vez mais incisivo, em modelos remotos ou híbridos de trabalho.

Nesse sentido, o Núcleo Brasileiro de Estágios - Nube, perguntou “O home office continuará mesmo após o fim do isolamento social?”. Para 39,88%, a resposta foi “sim, permanecerá em alta, pois rendeu bons resultados de produtividade”. Ainda, 26,41% disseram “sim, pois permite a pessoa atuar de qualquer lugar do país e ter o mesmo rendimento”.

Ou seja, as pessoas desejam manter essa maneira de trabalhar mesmo quando não houver mais perigo de Covid-19. Isso demonstra como elas se adaptaram e até preferem essa opção. A alternativa “deve prevalecer o modelo híbrido, uns dias na empresa, outros em casa”, foi escolhida por 25,05% dos 16.061 entrevistados.

“Outro ponto interessante: boa parte dos colaboradores tem interesse nos maiores níveis de independência e versatilidade oferecidos pelo ambiente virtual. Além disso, a quebra dos limites geográficos abre também a possibilidade da formação de times multiculturais vindos de diferentes localidades”, explica o empresário Alexandre Velilla. Para ele, isso proporciona um leque maior de opções para os gestores.

Contudo, como em qualquer mudança mais profunda, uma cultura corporativa conciliada entre o on-line e o presencial traz consigo grandes desafios. É necessário se preparar e estruturar para aplicar essa novidade. Os resultados continuam sendo entregues e a comunicação deve ser constante.

“Assim como na vida, todo dirigente deve buscar um equilíbrio entre as tendências do mercado e as bases culturais responsáveis pela história da instituição. Mesmo com os benefícios da distância, investir em interações pessoalmente pode ser a chave para a solidez e união da equipe. Essa é a principal vantagem: extrair o melhor dos dois mundos”, complementa Velilla.

Para ajudar os empresários nessa missão de administrar o grupo, Giannella listou algumas dicas:

Formas eficientes de remunerar os colaboradores: há diversas formas de remunerar e premiar, seja a curto ou longo prazo. Avalie os objetivos da organização e promova políticas de bonificação condizentes com essas metas.

Alternativas para estruturar a força de trabalho: os gestores precisam avaliar todas as possibilidades de contratação e estruturação da força de trabalho, garantindo uma formação eficiente e financeiramente viável. Ter um negócio composto integralmente por funcionários CLT não é necessário. É válido avaliar caminhos alternativos, como estabelecer parcerias externas, contar com estagiários, aprendizes ou terceirizar parte do serviço.

Automação de processos: a tecnologia para uma melhor gestão de pessoal é de extrema relevância. Os ganhos de automatizar processos são notórios em qualquer área. Traz melhores resultados e economiza tempo e dinheiro.

Portanto, mantenha-se atualizado com as novidades do mercado e não fique para trás. Conte com pessoas antenadas e com ideias modernas para seu negócio. Para isso, entre em contato com o Nube e conte conosco.

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe