Os últimos anos foram difíceis e todos precisaram enfrentar diversos obstáculos. Muitos trabalhadores levaram o seu escritório para dentro de casa para a engrenagem não parar de girar. No início, era visto como um problema. Contudo, com o passar do tempo, funcionários e gestores começaram a ver benefícios nessa modalidade e, agora, até preferem realizar suas tarefas a distância. Sendo assim, muita gente foi contratada nesse período e nunca tiveram contato com o resto da equipe.

Com o avanço do número de vacinados no Brasil, o retorno ao presencial vem se consolidando. Algumas empresas aderiram ao sistema híbrido, outras estão ainda em processo de retomada e algumas adotaram o home office definitivo. Segundo pesquisa realizada pela Korn Ferry, 70% dos entrevistados consideram retornar à rotina antiga, de idas aos escritórios, “difícil” e “estranho”. Por isso, é preciso estar atento a alguns detalhes.

A transição para o presencial

É normal esses recém-contratados sentirem dificuldades no primeiro emprego, principalmente na transição para o presencial. Nesse sentido, o acolhimento dos colegas será fundamental para a ambientação desse novato. “É normal se sentir inseguro. Por isso, é bom reconhecer e não menosprezar o sentimento. Temer o novo é parte do processo inicial, porém não pode estagnar no medo”, explica a diretora executiva do Instituto Ser +, Wandreza Bayona.

De acordo com a especialista, é preciso identificar a raiz da insegurança. Realizar questionamentos do motivo dessa sensação e procurar respostas. Esse mecanismo coloca o jovem na posição de quem aconselha. “Quando olhamos o cenário por um ângulo diferente, encontramos as explicações ou meios de superar a adversidade. Portanto, dê conselhos a si mesmo”, acrescenta Wandreza.

Outra complicação é a agenda mais livre com o trabalho remoto. O deslocamento e outros fatores externos como trânsito e atrasos de transporte público, são desconsiderados. Para essa retomada, é importante calcular o trajeto da residência à corporação e aplicar um tempo a mais para possíveis imprevistos. Chegar antes do seu horário permitirá acalmar a mente, respirar, tomar água e estar tranquilo para iniciar um novo dia.

A adequação vai além da hora certa de sair de casa. O cansaço promovido no traslado é algo novo na rotina e precisa ser valorizado. Por isso, analise dia após dia e adeque se for necessário para você ter momentos de descanso e lazer para sua saúde física e mental. Afinal, o equilíbrio é essencial.

Observar o ambiente e o fluxo já estabelecidos na organização ajudará a compreender a dinâmica da equipe. “Dessa forma você será capaz de compreender melhor o jeito de cada colega, vai entender quais são os limites de cada um e construirá uma sadia convivência com o time, o qual você teve contato apenas por meio das telas”, complementa a especialista.

A postura também deve ser diferente nessa modalidade. Desde a vestimenta à forma como se porta. Você não está mais em casa e com isso é preciso compreender: algumas condutas precisam ser modificadas. Use roupas apropriadas e se comunique de maneira adequada. Com o dia a dia, você irá se acostumando e se moldando no formato da instituição.

Mudança de emprego na pandemia

Esse também é um grande desafio no mundo corporativo. Se antes as pessoas já tinham insegurança para fazer esse movimento, no cenário atual têm mais ainda. Porém, novas possibilidades surgiram nesse contexto, como a chance de atuar de qualquer parte do mundo. Essa é uma vantagem para o colaborador e para a contratante.

“Uma vez conquistada a vaga, o próximo desafio é passar pelo momento de integração na companhia, porém agora de forma totalmente on-line. Descobrir as suas tarefas e a nova rotina vai demandar a utilização de uma série de tecnologias. Felizmente, há várias ferramentas para ajudar na organização das atividades”, comenta o consultor da Yoctoo, Igor Trisuzzi.

Provavelmente, no início você não conhecerá seus companheiros em relações mais pessoais, como almoços, happy hours e festas. Contudo, isso não significa um contato apenas profissional e uma impossibilidade de criar amizade. “É interessante suavizar as relações. Alguns minutos de conversa sobre assuntos gerais, visando conhecer a pessoa. Esse tipo de aproximação ajuda muito também no aspecto profissional”, complementa Trisuzzi.

Portanto, se você conseguiu o seu primeiro emprego durante a pandemia ou trocou de local, não precisa se preocupar. Existem maneiras de estreitar as relações mesmo virtualmente. No retorno ao presencial, você será bem acolhido e rapidamente se sentirá em casa. Se estiver em busca de uma oportunidade de estágio ou aprendiz, visite o nosso painel de vagas. Conte com o Nube!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe