A Semana da Arte Moderna de 1922 foi um evento revolucionário para a cultura brasileira. Aconteceu no Theatro Municipal de São Paulo há, aproximadamente, cem anos e deixou marcas nas criações contemporâneas, até hoje. Para celebrar esse marco, o governo do estado de São Paulo e outras iniciativas prepararam uma programação especial. Para conferir algumas das principais atrações, leia esta matéria! 

  •  “Antropofagia”

A exposição será nas Fábricas de Cultura da Zona Norte, Zona Sul e Diadema, com obras de artistas locais refletindo sobre a arte e a relação centro-periferia. A exibição vai de janeiro a abril de 2022. 

  • “Abaporu Periférico Mapeado”

A Fábrica de Cultura de São Bernardo do Campo será o palco para essa montagem. A estrutura será construída para projetar grafites, de maneira mapeada e ordenada. Tem seu início sinalizado para fevereiro de 2022. 

  • “A Mostra de Fotografia que Não Houve na Semana de 22” 

Concentrada na Casa Guilherme de Almeida, apresenta imagens realizadas por fotógrafos da época do evento, em 1922. Marcada para primeiro de dezembro até 30 de julho de 2022. 

A exibição também será na Casa Guilherme de Almeida. Com o intuito de destacar obras, autores e artistas contribuintes da Semana de 22 por intermédio de recursos de luz e som. Acontecerá de oito de fevereiro até 30 de dezembro de 2022. 

  • “Fantoches da Meia-Noite”

A mostra estará na Casa Mário de Andrade. A ideia é demonstrar o raro álbum de gravuras homônimo de Di Cavalcanti, publicado em 1922 e colorido à mão pelo artista. As 16 pranchas estão disponíveis desde primeiro de julho de 2021 e ficarão até 12 de fevereiro de 2022. 

 

  •  “Mário de Andrade - eu sou 300, 350”

 

No Museu Afro Brasil, a manifestação abordará a cultura material, literatura, artes visuais, música e uma ambientação diferenciada de São Paulo nos anos 20. A curadoria de Emanoel Araújo ficará aberta de 25 de janeiro a julho de 2022. 

 

  • "Cândido Portinari, um mestre da Pintura - Coletânea Virtual"

 

No Museu Casa de Portinari, a exibição conta com tecnologia de realidade aumentada e reúne a vasta produção do pintor e traz a história de suas criações. À disposição do dia 13 de fevereiro a 22 de agosto de 2022, em  Brodowski/SP. 

 

  • “O Atelier de Brecheret”

 

Acontece no Museu Catavento, com o intuito de demonstrar as obras do importante artista, introdutor do modernismo na cultura e escultura brasileira. Seu ateliê foi instalado no Palácio das Indústrias e estará em exibição de janeiro até março de 2022. 

 

  • “O Modernismo de John Graz” 

 

Será instalada no Museu da Casa Brasileira, em parceria com o Instituto John Graz, apresenta uma retrospectiva do designer suiço radicado no Brasil, com projetos inéditos, fotografias, maquetes e objetos interativos. Estará disponível de abril a junho de 2022.

 

  •  “Modernismo Brasileiro, Design e Arquitetura - 1922 e Depois (?)”

 

A mesa de debates e a galeria também acontecerá no Museu da Casa Brasileira. A mostra trata sobre o pioneirismo modernista de designers atuantes no período da Semana de 22 e como esses ideais se propagaram na produção contemporânea. Acontecerá durante o primeiro trimestre de 2022. 

 

  • “Antropofagia: múltiplos olhares”

 

Organizada pelo Museu Índia Vanuíre, a exibição aborda a relação entre a cultura indígena, o movimento modernista e a produção de arte contemporânea. Ocorrerá entre fevereiro a abril de 2022, em Tupã/SP. 

 

  • “100 Anos Modernos” 

 

Localizada no MIS-SP, em parceria com a Bienal do Mercosul. Serão diversas obras demonstrando a história artística brasileira, assim como, seus criadores e a trajetória criativa. Estará disponível entre fevereiro a maio de 2022. 

 

  •  “SP Vinte e Dois”

 

A programação cultural terá conteúdo sobre identidades nacionais e regionais na literatura, à luz do modernismo e da relação centro-periferia em São Paulo. A abertura será no dia 11 de junho e a programação de fevereiro a setembro de 2022.

 

  •  “A Arte Sacra dos Modernistas”

 

Situada no Museu de Arte Sacra de São Paulo, com obras de artistas modernistas desenvolvidas a partir da religiosidade e da fé. Com curadoria de Di Bonetti e Gilson Alcântara, acontecerá de 25 de janeiro a 27 de março de 2022. 

 

  • “O Modernismo e o Patrimônio”

 

Também no Museu de Arte Sacra de São Paulo, a mostra conta com exibições sobre a relação entre modernismo e o patrimônio brasileiro entre os anos 1920 e 1950. A partir da tutoria de Guilherme Wisnik, será de 25 de setembro a 19 de novembro de 2022.

Curtiu a lista? Fique atento para acompanhar tudo! Além do mais, existem outros eventos no planejamento para você comparecer e aumentar seu repertório. Lembre-se: quanto mais conhecimento artístico e educacional, maiores as chances de ter sucesso nos processos avaliativos, afinal, cultura é extremamente importante em qualquer área! Na próxima semana, voltamos com mais indicações! Até mais! 

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe