O marketing digital tem sido cada vez mais estratégico para negócios dos mais diversos portes, segmentos e até mesmo regiões do mundo. Isso porque a revolução tecnológica tem mudado as relações sociais, econômicas, políticas e corporativas. Logo, se adaptar a essa realidade é essencial. 

Tendo isso como base, entender as estratégias de fortalecimento da marca na Internet pode ser o grande diferencial para atrair novos clientes e manter fiéis o público já consumidor. Para os empreendimentos com foco em serviços Business to Business (B2B), não poderia ser diferente. 

De acordo com Ricardo Martins, CEO da Triwi, o primeiro passo para evitar falhas na divulgação de produtos ou serviços na web é identificar quais aspectos não deram certo para depois aprimorar estratégias. “Após esse diagnóstico, observe a lista. Não existe uma ordem de algo mais grave, mas é preciso abordar cada ponto com crítica para você ter um resultado real”, aponta. 

Assim, o especialista listou os dez erros mais comuns nesse campo para poder evitá-los. 

I. Tudo começa com investimento. “Antes de começar a pensar nas estratégias, é preciso analisar onde e como foi investido dinheiro, como foi o retorno em cada ação. Depois, vamos ao erro mais comum: insistir em aplicar recursos em táticas as quais não trazem resultado. Se não está dando certo, mude, não fique preso”.

II. Se seu conteúdo não engaja o público, não adianta mantê-lo. Diversifique e busque encontrar o melhor modelo. “Existem muitas possibilidades e formatos diferentes, um deles vai ajudar a alavancar sua marca”.

III. Se sua corporação não investiu em planos a longo prazo, esse erro pode custar caro. “As campanhas de ativação são importantes, mas não mantêm uma saúde financeira por muito tempo”.

IV. Caso a organização não esteja construindo uma presença nas redes sociais, é preciso se atentar. “Mesmo para o mercado B2B, os empreendimentos estão cada vez mais envolvidos com Facebook, Instagram, LinkedIn, Pinterest. Por isso, comece a usá-las e veja em qual o seu target está mais presente e procurando por suas soluções”.

V. Grande parte dos líderes vêem seus sites como ótimos e não percebem necessidades de atualizações. “Isso pode até ser verdade, mas estamos cada vez mais evoluindo para a utilização do mobile e se seu endereço não é otimizado para os celulares, isso pode fazer sua companhia perder possíveis negócios. Portanto, não deixe de renovar sua plataforma. Ela é sua cara na Internet e precisa ser eficiente”.

VI. Não usar anúncios no Google, Facebook e LinkedIn é uma falha comum, pois os gestores não pensam ser possível atrair resultados a partir dessa estratégia. “Contudo, é preciso também construir uma presença orgânica. Estar nas plataformas com anúncios é vital para alcançar quem não conhece sua marca. Portanto, se não usa a publicidade digital, comece a fazer um pouco em cada uma e veja qual a melhor”.

VII. Ignorar comentários e feedbacks nos canais digitais não só atrapalha sua reputação como também atrasa outros setores. “Seu público é quem pode falar melhor sobre seus produtos ou serviços e se está ignorando-o também, está negligenciando seu potencial de crescimento. Por isso, sempre dê ouvidos e busque ajudá-los a sanar problemas e dúvidas”.

Do ponto de vista do consumidor, essa falta de envolvimento pode minar a relação entre as duas partes. Guilherme Tavares, estudante de relações internacionais, costuma não permanecer fiel a uma marca caso ele não se sinta ouvido. “É tudo uma questão de relacionamento. Ainda mais quando se trata do meu dinheiro, não vou aplicá-lo em lugares onde não sou ouvido”, comenta. 

VIII. Não seja repetitivo nas redes. “Cada uma tem suas características e peculiaridades, assim, usar o mesmo conteúdo em todas inibem o engajamento. Portanto, aprenda mais sobre os canais e saiba usá-los a seu favor”.

IX. Não estabelecer metas parece uma coisa simples e fácil, “mas muitas entidades não traçam escopos. Com isso, não há como se apoiar nos números para saber por onde seguir”.

X. Não procurar especialistas pode ser o pivô para a repetição das falhas citadas acima. “Sem auxílio para organizar e montar suas estratégias é mais fácil errar, por isso busque por quem entenda do mercado B2B

Seguir esses pontos de cuidado pode fazer a diferença na hora de se posicionar entre a concorrência e garantir novos resultados positivos. 

Entenda como engajamento para melhores resultados!

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe