Com a pandemia e o isolamento social mudaram-se as formas de trabalho dos brasileiros, além de abrirem-se novas oportunidades e perspectivas laborais. Para se ter ideia, 90% das empresas aderiram a alguma modalidade de home office, de acordo com pesquisa da FIA Employee Experience (FEEx). Nesse cenário, como manter as relações profissionais e o networking em dia?

A importância dos relacionamentos

Dadas as diversas transformações, as pessoas também começaram a buscar novos negócios para se reinventarem em meio. Segundo o Mapa de Empresas, do Ministério da Economia, no fim do terceiro quadrimestre de 2020, existiam 11 milhões MEIs ativas no Brasil. Já em março deste ano, elas respondiam por 56,7% do total de transações em funcionamento no país.

Logo, o caos sanitário e econômico modificou a vida e o mundo business e deixou ainda mais claro a importância de entender a melhor maneira de criar conexões para quem quer seguir adiante e se dar bem na carreira. “Os líderes estão começando a perceber como a implementação eficaz da tecnologia é absolutamente crítica e somado ao aumento do home office torna-se apenas uma das inúmeras provas de como não é possível sobreviver, em tempos pós-pandêmicos, sem estar conectado com a cultura do trabalho digital, alerta a PhD e VP na BNI Brasil, Mara Leme Martins.

Entretanto, há quem acredite em um melhor resultado presencialmente. “Quando falamos de networking, as reuniões cara a cara são mais adequadas e não vão desaparecer completamente. Isso porque, estamos falando sobre como cultivar e colher relacionamentos interpessoais. É sobre convívio, não, fazer negócios”, complementa a especialista. Em vista disso, ela listou algumas dicas. Veja:

Não vá direto para o modo de vendas: os indivíduos tentam pular a visibilidade e a credibilidade para chegar ao momento da lucratividade com mais rapidez. Isso acontece o tempo todo, principalmente nas redes sociais. Todavia, isso são vendas, não networking. “É preciso ter uma conexão verdadeira ou ajudar alguém antes de pedir algo”, expõe Mara.

Leve em consideração o “efeito borboleta”: entre em contato com alguém para construir um relacionamento. Afinal, é preciso ter um ponto de partida para conhecer o outro. “Sendo apresentado a alguém em uma reunião ou evento, ele pode te indicar para mais gente e, dessa forma, você vai construir laços sem saber onde esse efeito borboleta pode te levar”, alerta a PhD.

Fale com as pessoas: é importante falar com seres humanos e pensar em maneiras criativas de construir algo. A correria do dia a dia nos faz pensar sempre em não havermos tempo para construir amizades, mas na realidade sempre há.

Lei da reciprocidade: a confiança colaborativa é a moeda mais valiosa nos empreendimentos e na vida. Assim, o marketing de referência e indicações nunca foram tão importantes quanto nos dias de hoje, nos quais as corporações precisam conquistar novos clientes, presencial ou remotamente, para não colocar em risco a sua operação.

Para desenvolver essa área sensitiva e cooperativa e conseguir ser uma boa influência nesses novos tempos, diversos gestores têm investido na capacitação emocional por meio da psicologia positiva. “É uma prática com base em estudos científicos a qual ensina a gerir de forma mais estratégica, focando no florescimento profissional e pessoal de cada um”, afirma a empresária e mestre em psicologia positiva aplicada pela Universidade da Pensilvânia, Flora Victória.

Nos moldes antigos de administração, o chefe avaliava e sinalizava as fragilidades do funcionário. Já com esse outro conceito, o dirigente mapeia o potencial para crescer e descobre como ele pode contribuir para permitir esse desenvolvimento. “O gestor não deve pegar todo o trabalho para si e, sim, identificar os pontos fortes de seus contratados para potencializá-los e assim aumentar a produtividade”, finaliza a empresária.

Portanto, tanto dentro, quanto fora da instituição é preciso praticar a empatia para criar laços. Acompanhe nosso blog e as redes sociais, pois publicamos conteúdos diariamente e temos opiniões de diferentes especialistas. Dessa forma, você se destaca no universo corporativo. Conte com o Nube?

Você já fazia o networking de forma correta?

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe