A liderança inspiradora tem tomado conta das organizações. Esse modelo de gestão é responsável por impactar e impulsionar os times. Para se tornar alguém capaz de instigar esse sentimento positivo nos outros, é necessário abrir mão da chefia e focar na equipe, mas como?

Pensando em ajudar quem quer aplicar os conceitos de uma coordenação humanizada, Marcelo Furtado, CEO e cofundador da Convenia, separou algumas dicas. Veja:

infografico-30-04

1. Apresentar empatia pela equipe de trabalho

Um líder inspirador é aquele com a capacidade de saber ouvir e entender cada membro da equipe, tendo consciência da existência de pessoas com formas distintas de se comunicar. “Ele precisa conseguir dialogar com cada uma delas em suas formas, sendo gentil e colocando-se sempre no lugar do outro”, diz.

2. Permitir as contribuições da equipe

Quem está à frente de um time e deseja inspirar deve ter a capacidade de engajar os membros a serem criativos e inovadores, dando a oportunidade de todos contribuírem com suas ideias. Portanto, é preciso estar sempre incentivando sua staff a “sair de sua zona de conforto, para terem a maior participação possível das ideias”, comenta.

3. Exercer a descentralização do poder

No modelo antigo de gestão empresarial, o chefe era o detentor do poder de ordenar, atribuir as funções e tomada de decisões. A descentralização ocorre quando esse poder, antes focado em apenas uma pessoa, passa a ser dividido com o coletivo. “É preciso confiar nos integrantes do grupo e dar o suporte necessário para eles agirem com autonomia”, continua o especialista.

4. Manter uma boa comunicação com os liderados

A comunicação é a base para um ambiente de trabalho agradável e colaborativo. Portanto, é vital dedicar parte do seu tempo para conhecer todos os indivíduos, demonstrando um interesse genuíno. “Assim, compreenda como cada ser possui histórias, ambições e sonhos diferentes, para ganhar a confiança de todos, ajudando a alinhar seus objetivos com os da empresa. Outra habilidade importante é ser um motivador. Quem está satisfeito procura se desafiar mais, obtendo melhores resultados”, orienta.

Marcela Silva, estudante de RH, em Salvador, acredita na importância de estar sempre conectada ao seu supervisor para ter um desempenho satisfatório. “Acho vital o diálogo ser o pilar de tudo, porque só com ele é possível orientar e direcionar direito as tarefas”, compartilha

5. Identificar e desenvolver outros líderes

Também é fundamental pensar na capacitação e evolução dos talentos, incentivando cada um a assumir novas atividades. “Reconhecer quem possui o potencial para exercer tal função é ajudar a desenvolver essas habilidades. Seja sempre um exemplo, pois essa é uma das características e principais capacidades”.

6. Reconhecer e recompensar a equipe

Todo gestor com o desejo de ter um local de labor positivo, se procura cooperatividade deve reconhecer e recompensar seus funcionários. Essa estratégia trará inúmeros benefícios para a forma como todos irão se comportar. “Não somente a remuneração tem importância, mas o sentimento de ser valorizado por seu bom desempenho fará suas entregas aumentarem”.

7. Ser o exemplo

Desde crianças, nos moldam por meio dos exemplos ao longo de nossas vidas e, no meio empresarial, não é diferente. Quem administra pessoas deve ser alguém a ser seguido. “Todos os valores e a cultura da empresa devem ser defendidas não somente em palavras, mas em ações, conduta, ética, empatia, comprometimento e humildade”, conclui Furtado.

Com essas dicas, é possível colocar em prática preceitos responsáveis por garantir uma atuação em alta performance. Gostou? Saiba como é uma liderança assertiva.

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe