A sua companhia costuma fazer ações para incentivar seus funcionários? Manter o time sempre motivado é um desafio diário e exige muita dedicação. Desenvolver campanhas desse teor traz mais estímulos e melhora o relacionamento interno. Além, é claro, de atingir resultados ainda mais satisfatórios.

As mudanças devem vir de dentro para fora!

As ações de incentivo promovem o engajamento do staff. Ou seja, faz os contratados vestirem a camisa da empresa, aumentando o senso de pertencimento e estimulando a cooperação. Isso melhora o clima organizacional e eleva a valorização e reconhecimento.

Contudo, é comum instituições pensarem apenas no comprador direto e acabarem esquecendo o próprio cooperador. “É importante construir toda essa cultura e intenção de marca internamente primeiro. Ou seja, trabalhar isso para a corporação, em geral, enxergar e estar imersa no seu objetivo e na sua razão de existir”, analisa o CEO do Dialog.ci, André Franco.

Além disso, é um grande benefício para a retenção de talentos. Então, que tal implementar uma? Pensando nisso, a In Mais Prêmios elencou algumas dicas para você se inspirar e implantar ações desse tipo na sua companhia. Veja:

1- Identifique a área mais carente de incentivo

O primeiro passo é identificar qual a área mais necessitam de um boost de motivação. Essa não é uma necessidade só do comercial, mas de qualquer departamento. Para fazer os setores convergirem, una forças entre o marketing e o Recursos Humanos (RH) para construírem juntos esse plano. “Isso pode ser fundamental para criar essa afinidade entre as duas partes, tornando a vivência positiva e o contratado um novo defensor da entidade”, complementa Franco.

2 - Estabeleça os objetivos de campanhas

Na segunda etapa, os objetivos precisam ficar claros. Avalie a realidade e seja coerente com o seu negócio. Lembre-se: a ação precisa ter um gostinho de desafio: nem tão simples, mas também não pode ser impossível. Isso aflora a competitividade da equipe.

3 - Determine métricas de avaliação

Para ter certeza da efetividade, determine métricas para avaliação. Essa mensuração é de extrema importância para comparativos futuros. As análises de desempenho, por exemplo, podem dar um bom norte para o desenvolvimento.

4 - Crie um regulamento para sua campanha

É preciso existir um regulamento, nele devem estar, de forma bem clara, as regras e a mecânica do processo, por exemplo quem pode participar, período de vigência, entre outros. Todos devem estar cientes e de acordo com as diretrizes.

5 - Escolha uma premiação inovadora

Por último, é preciso escolher a melhor maneira para premiar os destaques. A recompensa é uma parte fundamental, pois as pessoas se instigam pela expectativa de conquistá-la. “Logo, as instituições devem repensar a sua gestão de benfeitorias para acompanhar essa onda e conquistar também os melhores candidatos”, explica o especialista em benefícios na Bematize, Ronn Gabay.

Existem muitas maneiras de fazer isso, por exemplo: dinheiro, brindes, eletrodomésticos, automóveis, cartões pré-pagos e até mesmo pontos para serem trocados por produtos. Fica a critério da gestão, mas deve ser feito de uma forma planejada e programada.

Continue acompanhando nosso blog e as redes sociais, pois publicamos conteúdos diariamente e contamos com a participação de diferentes especialistas. Conte com o Nube!

Veja também a matéria do "Conexão Ilimitada" da TV Nube: como motivar sua equipe? e engajamento no trabalho.

Como você tem incentivado seu time? 

 

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe