Nos últimos anos, investir em diversas estratégias de marketing digital se tornou essencial para muitas empresas, afinal, já é sabido como a realidade virtual invadiu o mundo dos negócios. Com a quarentena e a necessidade de migrar as vendas de produtos e serviços, os empreendedores enxergaram as redes sociais como uma oportunidade para se manterem estáveis.

Para se ter uma ideia, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais de 70% dos brasileiros têm acesso à Internet e, desse número, 97% navegam por meio dos dispositivos móveis. Isso comprova a necessidade das corporações entenderem o papel de expor a marca no mundo cibernético.

Porém, de acordo com Alex Vargas, especialista no assunto e empreendedor com 800 mil inscritos em seu canal no YouTube, mesmo funcionando como uma solução para muitos, existem algumas técnicas realizadas de maneira inadequada. Essas, por sua vez, podem gerar um efeito contrário do desejado. “São detalhes simples, mas capazes de passarem despercebidos e estragar totalmente sua tática de vendas. Por isso, construir uma boa vitrine virtual é essencial”, explica.

Abaixo, o especialista lista os principais erros e uma dica prática para fazer o resultado do marketing ser rápido e eficaz. Acompanhe:

1 - Falta de paciência

Tome cuidado com o imediatismo, ansiedade e desespero. “Não podemos analisar nossa primeira semana com os três ou quatro anos de outra pessoa ou marca. Normalmente, os processos no marketing digital não são rápidos. Gosto de indicar a estratégia do 100-100. Cem coisas, cem dias. Quando nos damos esse período, cria-se um espaço de tempo para os resultados aparecerem. Pense: quantos anos leva uma faculdade? Quanto dura um contrato de trabalho? Então, se livre desse imediatismo e entenda como as coisas não vão acontecer logo de primeira”, alerta.

2 - Falta de planejamento

É necessário entender: todos os empreendedores de sucesso tem um ponto em comum, a disciplina. “Ela é fundamental em um negócio, principalmente no início e você precisa compreender como é a sua no dia a dia, seguindo horário, alimentação, exercícios, trabalhando a mente, para manter o foco. Não se compare com quem já está no mercado há muito tempo ou com perfis de ostentação. Siga o seu plano e tenha paciência com seu processo”, revela.

3 - Não fazer uma análise de concorrência

Para o procedimento ser completo logo de início, também é preciso fazer uma análise de quem são os concorrentes. “O intuito aqui é entender a estratégia do outro para aplicar em seu negócio. Por exemplo: um arquiteto percebe seus concorrentes deixando de falar sobre design biofílico (projetos voltados ao bem-estar com ambientes naturais), então você pode levar essa novidade para os seus públicos. Então, faça esse diagnóstico desde o início”, complementa.

4 - Ter um site inseguro

Esse é um erro bem comum e os profissionais, muitas vezes, desconhecem. “Caso você queira aplicar alguns aspectos no seu site, na hora da criação, é preciso saber se o mesmo está habilitado para receber as ações de marketing digital. Isso porque, é preciso reverter os acessos em algum tipo de conversão (leads ou vendas). Apenas os anúncios em si não vendem e nem geram contatos”, salienta.

Larissa Campos estuda administração em São Caetano do Sul e tem interesse em abrir sua própria loja de roupas. Para isso, ela quer ter um portal e conta estar juntando dinheiro para investir nesse ponto. “As peças eu mesma irei costurar e trabalharei conforme a demanda, mas queria ter um site seguro para isso, não apenas expor os produtos nas redes sociais”, compartilha.

5 - 80% Prática e 20% Teoria

O “Princípio de Pareto” também pode ser aplicado ao marketing digital. A partir dele é possível saber a propensão dos resultados dentro dos negócios. “Só estudar e não partir para a ação não vai funcionar. Não fique esperando o momento, cenário ou equipamentos ideais, apenas comece. No início, demorei para colocar em prática meus aprendizados, pensava na câmera ideal para gravar vídeos, edição e outros pontos, mas o mais importante é o conteúdo e ir aprendendo no dia a dia. Estude em 20% do seu tempo e atue nos outros 80%”, complementa Vargas.

6 - Não identificar o nicho, produto e estratégia

Saiba qual caminho você quer seguir e persiga nele. “Se você está atuando com Dropshipping, por exemplo, no qual o empreendedor é responsável por precificar a venda e a divulgação da loja, é necessário focar em um produto e estratégia. Se está vendendo uma câmera específica, faça campanhas recorrentes e se torne um especialista nessa área, assim os seus clientes vão chegar até você”, exemplifica.

infografico-30-03

É importante deixar claro: o mundo do marketing digital é bem amplo e existem diversas formas de fazer o seu negócio aparecer, seja vídeos, campanhas no Google e nas redes sociais ou até por meio de conteúdos. “Veja qual delas se encaixa melhor para o seu negócio e siga as dicas. Assim, o resultado será positivo”, finaliza o especialista.

Como criar projetos de sucesso?

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe