Durante a pandemia, a comunicação se tornou ainda mais importante para as relações profissionais e pessoais permanecessem eficientes. Nas companhias, é preciso ter pessoas com noções sobre como interagir com os outros para possibilitar a transmissão de mensagens de maneira adequada, tanto internamente, quanto para os clientes e parceiros.

Líderes precisam se atentar

De acordo com a pesquisa State of the Sector 2020, feita pela Gatehouse, com empresas de 45 países, enquanto 59% dos entrevistados consideram seus executivos comunicadores eficazes, 24% vêem os gerentes com uma estratégia de conversa ruim. A forma como as gestões e demais colaboradores exercem a oratória, seja entre si ou com os consumidores e fornecedores, tem interferência direta em toda a estrutura da organização.

Habilidades podem - e devem - ser desenvolvidas em momentos de crise

As informações transmitidas precisam ser compreendidas para os fluxos seguirem conforme o planejado. O especialista em desenvolvimento profissional e CEO da Passadori Comunicação, Liderança e Negociação, Reinaldo Passadori, explica como as habilidades podem ser aprimoradas levando em consideração o atual momento.

A crise demanda mais esforço

Para ele, as capacidades de conversação sempre foram essenciais, mas agora, estamos vivendo uma nova realidade na qual as interações a distância são parte da rotina, então é preciso se atentar ainda mais. “Quando falamos em comunicação, diversos aspectos precisam ser considerados, tais como fala, voz, corpo, dentre outros. Juntos, os conceitos são capazes de contribuir para uma conexão realmente eficaz”, ressaltou.

Estratégias têm destaque

O estudo da Gatehouse ainda aponta as prioridades das organizações para este ano. Aproximadamente 55% dos entrevistados irão concentrar a atenção e investir recursos em estratégias de comunicação, valores e propósito. “Isso mostra como as entidades se preocupam com as iniciativas relacionadas a esse tópico”, destacou.

Nesse ponto, ainda de acordo com o especialista, é imprescindível a equipe inteira estar preparada para enfrentar as adversidades e superar os obstáculos. “Principalmente quem precisa constantemente transmitir mensagens importantes, as quais requerem a completa compreensão de todos”, destacou.

Experiências práticas também ajudam

Juliana Bittencourt, estagiária de engenharia, no Rio de Janeiro, acredita ser indispensável saber se expressar, tanto com os colegas, quanto com os supervisores. “Se a gente não se entende, provavelmente as atividades não saem como o planejado. As expectativas para cada projeto, cada tarefa, devem ser explicitadas de maneira extremamente clara”, comenta.

Ela mesma já enfrentou desafios relacionados a isso em experiências acadêmicas. “Em uma das disciplinas, o professor acreditou ter explicado bem a atividade e a sala inteira entendeu de outra maneira as exigências dele. Foi a maior confusão na hora de entregar e acertar os problemas”, compartilha.

Explorar novas formas de garantir um diálogo é essencial

Explorar as diferentes formas de se comunicar e como aperfeiçoar essas capacidades faz os times se tornarem mais produtivos, segundo Passadori. Além disso, as pessoas serão capazes de se apresentar melhor, interagir com mais facilidade e, com isso, alavancar a carreira.

Diferencial para a carreira

Para ele, se um indivíduo não consegue ser eficiente ao estabelecer uma conversa, dificilmente irá se destacar no ambiente corporativo. “Ideias inovadoras, projetos ou até mesmo a interação do dia a dia, requerem uma boa comunicação. Investir nisso é sempre um grande diferencial”, finalizou Passadori.

Veja dicas para facilitar a comunicação nas empresas. Como você interage com seus colaboradores?

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe