A pandemia acelerou tendências presentes em nosso cotidiano. Uma delas é o conceito de “nomadismo digital”, no qual o profissional aproveita a tecnologia para trabalhar de maneira remota em qualquer lugar do mundo. Esse modelo exige uma comunicação eficiente entre líderes e colaboradores para manter a produtividade e a auto responsabilidade pelos resultados.

Adaptação é a palavra-chave

Além do mindset, é preciso um espírito inclusivo no diálogo. “O princípio da gestão híbrida traz o remoto como premissa. Assim, quem compõe esse time é o relacionamento ‘one to one’ e a cultura das pessoas. A relação de confiança é a base sólida para qualquer liderança, mas para esse regime é um item absolutamente indispensável”, afirma a diretora-executiva de Operação da In Press Oficina, Liliane Pinheiro, do Distrito Federal.

Para o founding director da Remote Conference, Emiliano Agazzoni, os canais oficiais de comunicação são fundamentais para o bom funcionamento desse estilo de serviço. “Deve haver um meio pelo qual tudo aconteça. Um Trello, por exemplo, é uma maneira de organizar as informações. A pessoa precisa entender, porque senão, não pode laborar remotamente”, ressalta.

Existe uma ideia errônea sobre o nômade digital ser aquele profissional trabalhando com o notebook à beira da praia, intercalando mergulhos com as atividades. Contudo, “ele não é um louco viajante pelo mundo e atuando em uma praia paradisíaca. As ocupações evoluíram para o digital, logo, é possível exercer as funções em qualquer lugar” reforça o diretor.

Sua essência é digital?

De acordo com o professor e autor do livro "Nômade Digital", Matheus de Souza, é preciso planejamento prévio e muito cuidado antes de se aventurar nesse movimento. “Se o seu ofício pode ser realizado de forma remota, é preciso também pensar como pode ganhar dinheiro com isso. A próxima parte do planejamento é não largar tudo e se demitir de uma hora para outra. Eu fiz uma reserva financeira e juntei seis meses de salário, por exemplo. Tem de haver uma ideia estruturada dos próximos passos”, orienta.

O nomadismo e o teletrabalho são tendências, mas as companhias ainda estão se adaptando a essa realidade. “Todo mundo sai ganhando. As instituições estão querendo se ajustar ao modelo, porém ainda têm essa limitação no aspecto tributário, trabalhista e na cultura. Ou seja, ainda precisam evoluir”, finaliza Liliane.

Assim, o planejamento e a ordem das prioridades são pontos cruciais para os profissionais, seja em home office ou no ambiente corporativo. Essas habilidades serão cada vez mais buscadas nos contratados, assim, as cobranças não serão mais medidas pelo tempo, mas pelas entregas realizadas. Bem como, a inteligência emocional, facilidade na adaptação e resiliência.

Todavia, esse “novo normal” não deve demorar. Afinal, a preocupação com o futuro tomou conta de todos, levando a mudanças de costumes, higiene, rotinas, maneira de viver e, também, de morar. O vírus veio acompanhado de desafios relativos à forma de pensarmos em nossas residências.

Nesse sentido, não há tempo para perder. É preciso refletir continuamente como podemos aprimorar e inovar. Apesar de tudo estar retomando, sempre é possível melhorar as chances. Por isso, modernize-se! Veja também a matéria do programa “Conexão Ilimitada” da TV Nube: o home office tende a ser permanente?

Grandes interesses apontam novos caminhos a seguir, então, mantenha-se informado. Para isso, continue acompanhando nosso blog e as redes sociais, pois publicamos conteúdos diariamente e contamos com a participação de diferentes especialistas. Assim, você se destaca em meio ao mundo corporativo. Conte com o Nube!

Já pensou em ser um nômade digital? 

 

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe