A expectativa de vida no Brasil quase dobrou em menos de um século, passando de 43 para 76 anos e o público acima de 50 anos já soma hoje 55 milhões, de acordo com dados do IBGE. Ou seja, um em cada quatro brasileiros já se encontra na jornada da maturidade em um mundo cada vez mais digital, ágil e conectado. Quer saber mais? Continue lendo e entenda melhor sobre o assunto!

É preciso olhar com atenção para o envelhecimento

Vivemos a maior transição etária dos últimos tempos, na qual o tabu da idade ainda aflige a nossa sociedade. “Envelhecemos como nação, enquanto nosso corpo social contemporâneo tem como valor a busca da eterna juventude. Contudo, até 2030 estaremos entre os cinco países com maior percentual de população acima de 60 anos”, avalia a psicóloga, pesquisadora e gerontologista, Candice Pomi.

Segundo estudo Oldiversity®, realizado pelo Grupo Croma, 85% dos entrevistados estão preocupados em como se manter no futuro. Diversos fatores alimentam esta apreensão como a crise econômica, pandemia, aposentadorias cada vez mais distantes, entre outros. Todavia, a maior preocupação dos mais velhos está relacionada ao mercado de trabalho e como as empresas os enxergam.

De acordo com o levantamento, 78% dos participantes consideram as companhias preconceituosas em contratar pessoas mais velhas. “Quem vai reter uma pessoa de cinquenta anos para trabalhar em um Call Center? Há prejulgamento sim, já vivenciei na pele, chegar no final de um processo seletivo e disputar o cargo com um candidato mais jovem. A dificuldade de se recolocar é muito maior”, explica o diretor geral de uma corporação no do Grande ABC, José Roberto Cury, 58 anos.

Procure referências no mercado

Em relação aos serviços, 63% deles com 61 anos ou mais desejam ocupações especiais e atendimento preferencial. Saúde (39%), alimentos (38%) e cosméticos (25%) são os segmentos mais associados à longevidade. “A expectativa de vida aumentou, logo, é importante refletir sobre qual será o papel das marcas nesses anos a mais. Assim como, quais serão os serviços com impacto positivo na qualidade de vida e bem-estar dos ansiões”, expõe Pomi.

Seguindo a mesma lógica, será preciso rever os indicadores de performance. Em relação a marcas associadas a longevidade, por exemplo, Nestlé (29%), Natura (14%), Itaú (7%), Prevent Senior (6%) e Samsung (6%) foram as mais lembradas por esse público na pesquisa.

Há vários benefícios!

Além disso, os benefícios de um recinto diverso vão além do compromisso social. Conforme a “Diversity & Inclusion in the Global Workplace” (em português, Diversidade & Inclusão no Ambiente de Trabalho Global), conduzido pela Lenovo e pela Intel, para 87% dos brasileiros o tema tem impacto positivo na personalidade de cada um, trazendo vantagens para as instituições e o público interno. Entre os proveitos, estão: mais engajamento e satisfação, maior senso de pertencimento, segurança e estímulo à criatividade.

Para isso, os pesquisados sugerem o mesmo salário para cargos de funções e experiências semelhantes (93%) e treinamento sobre o assunto para todos, incluindo os líderes (93%). Bem como, processo de recrutamento e promoção baseados no mérito (87%).

Portanto, quebre barreiras e desenvolva sua mente! Acompanhe nosso blog e as redes sociais, pois publicamos conteúdos diariamente e temos opiniões de diferentes especialistas. Conte com o Nube! Veja também a matéria da TV Nube: os benefícios da diversidade para sua empresa e a inclusão de pessoas com deficiência no mercado.

Como sua empresa lida com esse assunto?

 

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe