Na esteira da crise provocada pela pandemia no novo coronavírus, a taxa de desemprego chegou a 14,4%, segundo os últimos dados divulgados pelo IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Esse cenário é ainda mais difícil para os jovens. Cerca de 31,4% dos cidadãos entre 18 e 24 anos sofrem com a desocupação. Justamente por isso, se você quer dicas de como reverter o cenário e aproveitar as oportunidades ofertadas com a retomada da economia, veja esta matéria!

Profissionais ajudam com sugestões infalíveis para se preparar para entrevistas de emprego, estágio ou aprendizagem e conquistar a vaga.

Ana Chauvet – especialista em recolocação profissional humanizada

A entrevista pode acontecer com o recrutador e com o gestor. “Se for com o selecionador, os pontos mais abordados serão comportamentais. Se for com o líder, os tópicos discutidos serão as habilidades técnicas. Antes de ir para a análise, identifique quais são as competências e as capacidades solicitadas na colocação a ser preenchida. Anote em um papel essas descrições”, orienta.

Além disso, escreva também a missão, visão e valor da empresa. “Essas informações vão servir de embasamento, juntamente do seu currículo, para criar conexão com a posição em aberto. Quanto mais alinhado você estiver com aquilo procurado pela companhia, mais chances têm. O profissional responsável por te analisar gosta de saber se você estudou sobre a chance. Isso demonstra um interesse maior”, conclui.

Ester Gomes - especialista em desenvolvimento humano

Preocupe-se com seu marketing pessoal! “Se vista adequadamente, de acordo com o cargo para o qual você está se candidatando. Isso demonstra preocupação em estar capacitado ao se arrumar adequadamente para a ocasião. Use uma linguagem clara e correta, sempre de acordo com o ambiente. Evite gírias e expressões grosseiras e não minta! Passe segurança e naturalidade por meio da comunicação”, sugere.

Assim como a entrevista presencial, a conversa virtual merece bastante atenção por parte de quem busca uma aprovação. “Para conseguir uma contratação, muitas organizações solicitam um vídeo-currículo ou fazem a entrevista via videoconferência e você pode colocar tudo a perder se não souber dialogar eficazmente em frente às câmeras”, alerta.

Saber falar bem, com segurança e naturalidade é imprescindível nesse momento. Muitos concorrentes são peritos em seus ramos de atuação, possuindo um excelente CV, mas quando necessitam serem avaliados, agem com tanta insegurança ou pouca atratividade e não conseguem a vaga tão desejada”, continua Ester.

Laila Wajntraub - Professora de oratória no Clube da Fala e fonoaudióloga tem capacitado a comunicação de muitas pessoas e destacou alguns tópicos para te ajudar a se expor e passar na entrevista!

Atenção ao visual

Temos somente uma chance de causar uma primeira boa impressão. Demoramos um décimo de segundo para julgarmos alguém pela aparência e, em um vídeo, isso fica ainda mais em evidência, pois não precisamos manter o contato como em uma conversa presencial. Escolha a roupa adequada com cores discretas e esteja atento ao código de vestimenta da companhia. É importante também se destacar do ambiente, escolhendo uma cor diferente da do fundo.

Cenário e iluminação ideais

Assim como é importante se preocupar com o look, o cenário e iluminação são essenciais para qualquer interação a distância com recursos audiovisuais. Fique a um afastamento favorável, retratando do seu peito para cima. Seu rosto precisa estar bem iluminado com a luz natural ou recursos artificiais, até mesmo com um abajur direcionado ao rosto. O local não pode chamar mais atenção em relação a você. Prefira onde não há muitas cores, vidros, espelhos ou quadros. Escolha um fundo liso, de preferência com poucos objetos.

Cuidado com a voz, fala e linguagem!

A voz demonstra nossas emoções, ela é responsável por passar credibilidade e envolver as pessoas. Use um tom firme e com boa impostação (colorido). Marque as palavras e estique algumas vogais para se conectar por meio dos sons. Fale em um ritmo adequado, articule e evite vícios de linguagem.

Cuidado com o gestual exagerado

Os gestos devem ser estáveis e sutis na altura da linha do peito, sempre com as palmas das mãos para cima, demonstrando abertura. Postura e cabeça eretas. Olhar para o obturador é fundamental. Use as expressões faciais como o levantar das sobrancelhas e o sorriso para se expressar melhor.

Roteiro eficaz!

Seja compacto e com impacto. Faça um resumo do seu CV e prepare um roteiro de um minuto citando sua trajetória acadêmica, profissional e os seus diferenciais para a colocação. Não divague e não fale de aspectos pessoais se não for demandado.

Treine, treine, treine!

O treinamento é imprescindível para desenvolver qualquer habilidade. Grave vídeo do seu celular diariamente, se observe e identifique quais pontos podem ser aperfeiçoados. Peça feedbacks de conhecidos. Pratique até sentir orgulho de si.

Pensando em te ajudar ainda mais, veja esta matéria com dicas para entrevistas. Gostou das sugestões?

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe