Se você, como a grande maioria dos profissionais, está continuamente com a sensação de não ter tempo o bastante para dar conta de todas as demandas, certamente ser mais produtivo é um diferencial. Isso pode potencializar seus resultados e ainda proporcionar mais qualidade de vida.

Você sabe fazer uma autogestão?

Saber gerenciar as tarefas diárias para ser um profissional de sucesso, já é um assunto antigo. Contudo, as técnicas tradicionais se mostram ineficazes para lidar com a avalanche de atividades impostas diariamente.

Por isso, de acordo com a ciência, além de conhecer as soft skills, é preciso desenvolver as Mind Skills. Esse é o nome dado ao método criado pela professora de MBA, especialista em desenvolvimento do potencial humano e pós-graduanda em neurociências e comportamento, Gaya Machado.

Para ela, o mundo foi exigindo cada vez mais de nós e da nossa atenção, a qual tem ficado progressivamente fragmentada. “A crença de ‘se fizermos várias coisas ao mesmo tempo, vamos ser mais produtivos’, altera nossa química orgânica, estimulando exageradamente o cérebro. Isso ao invés de nos ajudar a pensar com mais clareza, pode sofrer uma espécie de ‘neblina mental’ ou pensamento bagunçado. Ou seja, nos deixa ainda mais confusos”, explica Gaya.

Assim, o “ser multitarefas” diminui o rendimento cognitivo, gera estresse, ansiedade e insônia. Conforme o estudo da University of California, ficar alternando entre diferentes ocupações várias vezes ao dia pode resultar em uma perda de rendimento de cerca de 40%.

Na prática!

Isso tudo é fundamental, inclusive, quando se está à procura de uma nova oportunidade de trabalho, seja de estágio, aprendizagem ou CLT. Nesse sentido, para preencher essa lacuna de formação de profissionais, o Super Cérebro Empresas, programa de capacitação empresarial, listou algumas dicas para ajudar esses indivíduos a desenvolverem algumas das principais skills requeridas atualmente. Veja:

1- Liderança por propósito

Um dos pontos essenciais para quem deseja ser líder é questionar as motivações para esse desejo ou aspiração. Além disso, vale se perguntar: qual o propósito em liderar pessoas? É para ensinar, desenvolver um projeto, pelo salário ou para desenvolver pessoas e times? As respostas desses questionamentos apontam o legado a ser deixado.

2 - Cooperação e trabalho em equipe

No mundo corporativo, a cooperação requer menos competitividade e mais colaboração para todos alcançarem um objetivo em comum, seja de um departamento ou da organização como um todo. Para isso, também é importante “estar disponível” e ajudar os parceiros a crescerem, contribuir com os outros mesmo em dúvidas pequenas, independentemente da grande quantidade de tarefas.

3 - Comunicação interpessoal

Essa competência vai além da comunicação verbal. Para um relacionamento efetivo é preciso entender a necessidade do próximo e apresentar a sua própria dificuldade, exercitando a empatia. Afinal, a barreira do diálogo pode ser vencida com o enfrentamento de pequenos desafios diários, como colocar suas próprias ideias em uma reunião.

4 - Criatividade e curiosidade

A criatividade é uma habilidade intrínseca à liberdade de realizar, se expressar, questionar e buscar novas possibilidades continuamente. Também é importante perder o medo de errar e arriscar na experimentação e espontaneidade.

5 - Pensamento estratégico

Conhecimento e investigação são as palavras-chaves do pensamento estratégico. Essa aptidão pode ser aperfeiçoada por meio de perguntas, pesquisa e busca por informações. Assim, quanto mais se questiona um assunto, mais será possível explorar a ideia e situação.

6 - Fácil adaptação e flexibilidade

Por fim, a dica básica é estar sempre aberto ao novo. Além disso, ser um agente de mudança é requisito fundamental para todos os profissionais. Para isso é necessário eliminar de vez o “não posso”.

No mundo corporativo, adaptabilidade e flexibilidade influenciam todas as outras maestrias. “Isso leva as empresas e os funcionários a se autodesenvolverem para sempre estarem a par das novidades e ajudarem a conquistar um objetivo comum, independentemente do cenário atual”, analisa a coordenadora pedagógica do Grupo Super Cérebro, Vanessa Lima.

Portanto, se queremos melhorar as conexões do nosso cérebro e, consequentemente, seu desempenho em alguma área, precisamos nos dedicar a isso. Uma das estratégias comprovadamente bem-sucedidas é o mindfulness ou atenção plena. Trata-se de um estado mental, o qual tem o objetivo de trazer o corpo e a mente para o momento presente, evitando reações automáticas. Essa prática recorrente ajuda a potencializar as Mind Skills, melhora o foco, o autocontrole e a produtividade. Bastam cinco minutos diários para treinar e extrair dele o máximo de potencial.

Fique atento e acompanhe nosso blog e as redes sociais, pois publicamos conteúdos diariamente e temos opiniões de diferentes especialistas. Conte com o Nube!

Como você exercita sua mente?

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe