Seja para passar no vestibular, ir bem nas provas durante a faculdade ou ser aprovado em um concurso público, é preciso se esforçar bastante e, principalmente, assimilar o conteúdo. Para isso, esforço é uma palavra-chave. Entretanto, assertividade é outro termo indispensável. Se você quer saber como aplicá-lo ao explorar conhecimentos, veja as indicações desta matéria!

Disciplina é fundamental

Uma das melhores maneiras de ensinar o cérebro a fixar conteúdos e não apenas decorá-los é manter uma vida equilibrada e exercitar o raciocínio diariamente com leitura e resolução de problemas simples. Julio Queiroz, estudante do ensino médio, em Campinas, busca seguir essa disciplina para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2021.

Foco também ajuda

O futuro universitário concluiu, em 2020, o segundo ano do colegial e quer ter boas notas nos vestibulares para entrar em uma faculdade, na área de engenharia. “O foco foi o principal desafio para mim. Tive de me manter seguindo uma rotina fixa para pegar o ritmo. Hoje, consigo estudar nas horas livres e ainda assim me divertir”, comenta.

Universitários também precisam se atentar

Nem só quem vai fazer uma prova para ser aprovado em um curso de nível superior precisa se preparar. Afinal, essa determinação precisa estar presente também quando você passa no processo seletivo da instituição. Quem comprova isso é Tábata Lima, futura psicóloga. No 5º semestre do curso, ela conta: “se você não se empenha, não tem boas notas, nem aprende o necessário para exercer a profissão”, compartilha.

Mesmo sabendo da importância desse tópico, a recomendação não é ficar horas e horas a fio imerso nos conteúdos. Focar na eficiência é mais benéfico. Um estudo concentrado pode poupar tempo e gerar resultados mais satisfatórios e com qualidade, independentemente da quantidade de horas dedicadas por dia.

Para te ajudar a manter o foco, os especialistas da Unisuam reuniram algumas sugestões. Acompanhe:

1 – Exercite o cérebro

A mente humana esquece 50% do conteúdo lido em apenas duas horas. Isso implica em como não adianta ler muito, mas sim como é preciso ampliar a concentração. Para isso, concilie a informação obtida com algum interesse do seu cérebro. Fazer associações também é uma boa opção para ajudar a fixar.

2 – Estude por duas horas

Mantenha-se direcionado em uma disciplina por vez. O ideal é você se dedicar a apenas uma matéria, pelo menos, duas horas por dia. Caso você tenha várias áreas para explorar, tente se dedicar às mais correlatas. Ou seja, se começar com matemática, em seguida vá para física, por exemplo.

3 – Não decore

A mente esquece todo dado decorado. Ao invés de memorizar, assimile e aprenda a armazenar informações para elas ficarem retidas por um tempo maior.

4 – Se organize

Ninguém consegue se aplicar em meio ao caos. Organize o seu ambiente e procure locais onde a sua atenção não será desviada para outras atividades. Desligue a TV e fique no lugar sem uma grande circulação de pessoas.

5 – Estude sozinho

Estudar em grupo pode até parecer interessante por conta do compartilhamento de saberes, mas, em um primeiro momento, é melhor optar por realizar a atividade sozinho. Afinal, com os colegas, a tarefa pode ser desfocada por conversas paralelas e a qualidade do aproveitamento fica prejudicada. Para os professores, uma boa estratégia é explicar os tópicos para si mesmo, como se estivesse dando uma aula.

6 – Anote

Tenha o hábito de anotar tudo aquilo considerado importante. Ao final, faça um resumo sobre as ideias centrais. Quem escreve, consegue reter melhor o conteúdo e tê-lo por mais tempo na mente.

7 – Mantenha a qualidade de vida

Deixar de dormir não vai te ajudar. Por isso, durma, pelo menos, 8 horas por noite, pratique atividades físicas, saia com os amigos, tenha uma alimentação saudável e afaste os vícios, como cigarro, bebidas e, até mesmo, o popular cafezinho. Afinal, a cafeína pode causar insônia quando consumida muitas vezes ao dia.

8 – Se prepare com antecedência

Nada de revisar para uma prova na véspera do exame. O ideal é a dedicação diária para você não se desesperar antes da avaliação.

9 – Madrugada é para dormir!

Evite utilizar o raciocínio no período da madrugada. Nesse período, o cérebro possui menor concentração e não dormir de madrugada pode causar excesso de sono ao longo do dia seguinte, comprometendo o seu rendimento.

10 – Leia nas horas vagas

Especialistas afirmam: ler nas horas vagas ajuda no processo de assimilação do conteúdo. Contudo, tenha atenção para entender com clareza e não apenas passar os olhos de maneira superficial.

infografico-22-01

Semana de provas! E agora?

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe