É sempre importante não se deixar influenciar por um cenário pessimista ou pelo medo de determinada situação. Mesmo difícil, é fundamental controlar os receios e agir de maneira racional diante dos problemas cotidianos. Sendo assim, é preciso lidar com o caos refletindo sobre as aflições, sem perder a calma.

Foco, alinhamento e ação!

Segundo o executivo e professor de MBA na Fundação Dom Cabral, Uranio Bonoldi, o estresse causado pela angústia do desconhecido e pelo medo cria muitas substâncias químicas dentro de nós e, uma delas, é o cortisol, o qual reduz radicalmente a capacidade de raciocínio. “O primeiro passo para tomar decisões assertivas é buscar reconhecer essa emoção e, com isso, aprender aos poucos a isolá-la, saber de sua existência e como age. Logo, ter essa consciência é o passo mais importante para proceder com a razão”, explica.

Nesse sentido, o especialista listou cinco etapas essenciais para portar-se de forma refletida e consciente. Veja:

1. Comece pela meta

Quando se tem um objetivo claro na cabeça é muito mais fácil decidir e agir. Para estabelecer uma meta, o importante é saber onde você está e deseja chegar. Assim, vai conhecer a lacuna do processo. O preenchimento dela se dá pelo propósito imposto a si mesmo.

2. Foque nas informações corretas

Antes de tomar qualquer decisão, tente obter o maior número de informações, incluindo custos, cenários alternativos e possíveis consequências. Trabalhe com a realidade e não com suposições. Use dados e pensamentos racionais, nada de ideias infundadas e de emoção. Isso tudo faz parte do caminho para uma decisão assertiva.

3. Evite a paralisia da análise

Esses dois pontos anteriores são importantes, mas não significa investir horas para analisar as opções. Reúna o possível naquele momento, procure avaliar bem as consequências, vá pelo percurso no qual se sentir mais confortável e decida. Tenha atitude!

4. Busque diferentes pontos de vista

Às vezes, conversar com alguém fora do contexto pode ser essencial. Isso porque é normal ficar em modo automático, especialmente em situações de estresse. Sendo assim, outras pessoas podem te ajudar a ter ideias inovadoras para a ocasião. Todavia, procure indivíduos isentos, sem qualquer interesse no projeto ou em você.

5. Permaneça focado em seus valores

Quando você sabe quais valores quer para a sua vida, também é mais fácil decidir. Afinal, aquilo em desacordo com a sua essência não deve ser considerado. Portanto, pratique sempre o autoconhecimento.

Sem dúvidas, todo mundo aprendeu algo com 2020. “Para mim foram várias lições, mas a mais marcante foi ver a capacidade e flexibilidade do ser humano em se reinventar rapidamente. Deve ter a ver com nosso instinto de sobrevivência, mas como não somos expostos ao risco com a mesma frequência de séculos atrás, acabamos nos esquecendo dessa nossa habilidade coletiva incrível”, avalia o CEO e fundador do OiMenu, Isaac Paes, de Araranguá (SC).

De acordo com ele, em poucas semanas, fomos obrigados a aprender novas regras radicais de convivência. “Enquanto empresa, tivemos de criar novas soluções e mudar os nossos fluxos da noite para o dia - algo impensável antes da pandemia. Isso mostra o quanto a palavra ‘impossível’ só existe dentro dos limites da nossa própria mente. Com certeza irei desafiar mais o meu time a fazer proezas como fizemos em 2020, mesmo sem uma crise”, finaliza Paes.

Fique atento e acompanhe nosso blog e as redes sociais, pois publicamos conteúdos diariamente e temos opiniões de diferentes especialistas. 2021 promete superações e coisas boas!

Como sua liderança toma decisões?

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe