Encontrar os melhores talentos para compor o quadro de colaboradores de uma companhia sempre é um desafio para líderes e especialistas de recursos humanos. Afinal, como achar aquele estagiário, aprendiz ou funcionário efetivo perfeito para cada oportunidade aberta? Veja algumas dicas!

A Menu é uma startup e teve bons resultados ao adotar uma série de medidas para atrair as pessoas. Para Rafael Oliveira, diretor de gente da corporação, durante as contrações on-line, devido ao isolamento social, foi necessário tomar todo o cuidado para fazer os processos seletivos os mais humanizados possível.

Segundo o especialista, para um indivíduo integrar o time de uma empresa, é importante estar alinhado com os valores praticados pela companhia. “Antes de avaliarmos a técnica, o profissional precisa ser compatível com a nossa cultura. Valorizamos a diversidade, o conceito de mão na massa, confiança, cuidado e transparência”, afirma. Pensando nisso, Rafael apontou sete dicas para recrutamento para uma startup.

I. Defina o perfil do profissional desejado

Pode parecer simples, mas esse passo ainda é facilmente esquecido pelos selecionadores. Por isso, analise as seguintes perguntas: que tipo de perfil a startup está procurando? Qual atividade o indivíduo deverá realizar? Quanto de experiência no mercado de trabalho você deve ter? Qual nível escolar será exigido? Quais qualidades serão essenciais para uma pessoa conquistar a colocação?

II. Planeje todo o processo de seleção

Seja detalhista e faça um planejamento minucioso de como será realizada a seleção. Para isso, existem inúmeros métodos: entrevistas, testes escritos, dinâmicas on-line e etc. Na hora de optar por uma dessas formas, analise se o método escolhido está em conformidade com o objetivo da contratação, do candidato e com os valores da instituição.

III. Anuncie vagas nos lugares corretos

Após definir o tipo de funcionário ideal, o anúncio da vaga deve ser divulgado nos canais acessados pelo público-alvo. A escolha do canal correto otimiza o processo de recrutamento, atuando como um filtro que auxilia na atração dos profissionais mais indicados.

Para vagas de estágio e aprendizagem, o Nube possui uma plataforma on-line completa, na qual é possível fazer videoentrevistas e selecionar os melhores candidatos para cada perfil. Saiba mais em: www.nube.com.br/empresas/contatar.

IV. Alinhe os valores da startup com o indivíduo

Quando são admitidas pessoas alinhadas com as crenças da startup, não só os resultados serão melhores, como esses sujeitos se sentirão mais felizes e parte essencial do grupo, aumentando a conexão e o senso de pertencimento. Lembre-se: quanto maior a taxa de aderência a esses posicionamentos, maior é o nível de engajamento e confiança, levando a uma relação mais duradoura e sólida.

V. Tenha cuidados especiais na entrevista

Para uma boa entrevista, é necessário ter o perfil da oportunidade em mente, com as competências técnicas e comportamentais. Também é necessária uma preparação prévia, lendo novamente o currículo do sujeito e para anotar eventuais dúvidas. Elabore um roteiro de questões para a análise. Abra espaço também para a pessoa avaliada falar e tirar dúvidas. Nesse momento, ela pode indicar alguma informação importante, extremamente relevante para a empresa.

VI. Lembre-se de cuidar da pós-contratação

O processo avaliativo não termina com a contratação. Alguns cuidados devem ser tomados mesmo após a escolha do talento ideal. O RH deve encaminhar a pessoa para todos os procedimentos de admissão. Isso significa orientar sobre os documentos a serem apresentados, solucionar dúvidas, checar se é necessário aguardar o desligamento do sujeito de uma outra corporação, entre outros trâmites burocráticos.

VII. Escreva aos reprovados

Quem não foi aprovado também não pode ser esquecido. É preciso retornar o contato, dando um feedback sobre a conclusão do processo, se colocando à disposição para esclarecer dúvidas. Se possível, é interessante apontar os motivos pelos quais tal indivíduo não foi escolhido e quando ele pode participar de um novo recrutamento, se desejar.

Clarice Nunes está em busca de sua primeira chance de atuar no mercado, como jovem aprendiz e conta como ter devolutivas sobre seu desempenho em entrevistas pode ajudá-la a ter melhores resultados futuramente. “Considero essa atenção dada uma iniciativa muito valiosa e auxilia muito, principalmente quem não tem muitas experiências, a entender como melhorar”, compartilha

Veja mais 4 dicas de gestão. Como sua empresa contrata talentos?

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe