Segundo a pesquisa Estratégias de Marketing Digital para 2021, elaborada pela Adaction, o marketing digital aumentará ainda mais sua importância no próximo ano como estratégia de vendas das empresas. De acordo com o levantamento, 76,19% dos gestores pretendem ampliar os investimentos nessa área no próximo ano. 

Para o diretor da Adaction, Thiago Cavalcante, “as pessoas estão cada vez mais conectadas. O marketing digital já supera 50% dos investimentos em campanhas por ser mais assertivo”, diz. O especialista explica: até 2023, mais de 60% dos orçamentos em publicidade devem ser alocados para o ambiente on-line

Cenário do Brasil

Enquanto mercados mais maduros já estão consolidados, o Brasil ainda tem um espaço considerável para crescer tanto em acesso como nas mídias. O país já é o sétimo mercado do mundo nesse setor e deve fechar o ano movimentando algo perto de US$ 18 bilhões nessas plataformas. “Estamos presenciando a consolidação do digital como estratégia para alcançar o grande público”, analisa Cavalcante. 

Segundo ele, o momento ainda é de aprendizado por parte das organizações, pois muitos iniciaram suas campanhas digitais em meio à urgência provocada pelo isolamento social. “Chama a atenção na pesquisa o fato de 42,86% dos entrevistados nem sempre mensurarem os retornos e outros 9,52% não fazerem questão disso. “Da noite para o dia, as empresas precisaram se reinventar. Quem não tinha presença digital precisou criar projetos do zero para garantir a própria sobrevivência. Em 2021, este movimento será bem mais forte”, orienta.

A análise de Cavalcante vai ao encontro de outro dado da pesquisa. Nem todas as instituições estão plenamente satisfeitas com os resultados obtidos. Conforme o levantamento, somente 28,57% dos entrevistados se mostraram muito satisfeitos e outros 52,38% viram os resultados dentro das expectativas. O restante declarou não ter obtido bons números.

Conteúdo qualificado

Sobre as tendências para o próximo ano, a maioria aposta na divulgação de conteúdo qualificado (38,1%). “A qualidade vai falar alto em 2021. É notório como o engajamento sempre dependeu e vai depender cada vez mais disso. Vai se destacar quem apresentar as melhores soluções às necessidades dos consumidores por meio da oferta de informação qualificada na hora certa”, confirma Cavalcante. 

Atendimento, tecnologia e humanização

Outros 28,57% acreditam no uso de inteligência artificial como grande tendência para o próximo ano. “No atendimento ao cliente, por exemplo, a tecnologia é utilizada para automatizar os processos, bem como desenvolver robôs de atendimento ou assistentes virtuais, conhecidos como chatbot, para interagir via chat de site, rede social e aplicativos, entre outros”, complementa o diretor.  

Para Raphael Felicio, head de design e marketing da Ioasys, o ser humano deve estar no centro dos processos, das operações e do interesse das organizações. “Não se trata apenas do marketing, trata-se de saber identificar e compreender profundamente as necessidades de seus públicos de relacionamento, e criar formas inteligentes de ajudá-los a atender essas carências de forma rápida e prática e, agora, diante desse contexto, todos estão sendo obrigados a fazer isso para manterem sua fonte de receita”, destaca.

O fenômeno dos webinars

Os Webinars também são apontados por 19,05% dos entrevistados como forma de atingir o consumidor, seguidos pela integração entre e-commerce e redes sociais. “Com relação às redes, 33,33% afirmam não ter preferência por canal e apostam em todas como estratégia. Já quem foca em alguma mídia específica, a maior parte (28,05%) vê o Linkedin como a melhor opção, seguido de Facebook e Instagram (19,05% cada)”, explica Cavalcante.

Marketing de influência

As corporações pretendem também ampliar seus investimentos no marketing de influência. Hoje, 77,77% declaram como essa estratégia tem peso grande ou médio em seus aportes. Já a possibilidade de contratação de um influenciador para as campanhas é uma realidade para 42,86% dos gestores. “Ao trabalharem com influenciadores, as marcas têm a oportunidade de investir menos recursos e conseguirem falar diretamente com quem realmente se interessa por seus produtos e serviços”, lembra Cavalcante.

Quais são as tendências adotadas em seu negócio para um melhor engajamento? Acompanhe as matérias e conteúdos do Nube para mais orientações.

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe