Utilizado para designar um grupo de colaboradores capazes de idealizar e implementar um novo modelo de negócio dentro de uma organização já existente, o termo intraempreendedorismo surgiu como abreviação de “intracorporate entrepreneuring” ou em português “empreendedorismo intracorporativo” e ganha cada vez mais força nas grandes instituições.

Dentre os cases de sucesso, destaca-se o Google. Historicamente, concede aos profissionais 20% do seu tempo semanal para se dedicarem a uma ideia ou projeto pessoal alinhado aos objetivos empresariais. A iniciativa resultou no lançamento de produtos como o Google Ads e Gmail.

Para Lucymeire Ferraz, diretora na Absolut Technologies, o exercício de uma cultura como essa nos inquieta com pensamentos críticos, permeados por muita responsabilidade e engajamento. “Incentivando um ‘senso de dono’ da empresa, amplia-se essa consciência de inovação e responsabilidade coletiva. Além disso, um dos principais papéis de um líder não é ter somente respostas, mas sim fazer boas perguntas”, comenta.

A consultora de inovação e estratégia na Play Studio, Juliana Cruz, destaca: “alguns estudos de casos comprovam, 80% do potencial de melhorias em uma companhia, surgem a partir de ideias internas vindas dos próprios colaboradores. Porém, a jornada a ser percorrida, na implementação de um modelo de organização orientado ao estímulo de ideias e fomentos de negócios internos, pode ser longa e desgastante.”

Ela observa como um bom planejamento estrutural e as ferramentas certas podem ajudar na obtenção de sucesso nessa trajetória. Para isso, é fundamental a companhia olhar com atenção para os pilares chave da estruturação do modelo intraempreendedor: engajamento dos colaboradores; cultura organizacional e liderança. “Atuar dessa forma exige a abertura de novos canais de comunicação, com o objetivo de garantir a todos terem voz, consequentemente maior engajamento entre os colaboradores e potencializar o senso de pertencimento”, diz.

A especialista recomenda algumas ferramentas capazes de auxiliar no processo, confira:

Promova desafios de inovação

Fomentando a geração de novas ideias dentro do time, a equipe se mantém oxigenada e novos insights podem surgir a partir do próprio desenvolvimento interno. “O gestor pode lançar um programa de desafios com plataformas totalmente digitais”, aconselha Juliana.

Estimule o potencial máximo do time

Disseminando o conhecimento de ferramentas estratégicas de inovação, os colaboradores podem contribuir de forma mais efetiva na busca de oportunidades e geração de soluções. Uma sugestão da consultora é a plataforma Strategy tools: “entrega recursos com foco em estratégia de inovação para grandes companhias. Após fazer uma conta, o profissional pode criar projetos, conhecer e escolher as ferramentas adequadas ao seu contexto”, recomenda.

Promova a interação multidisciplinar

Com a realização de sessões colaborativas formada por grupos multidisciplinares, os integrantes podem atuar de forma conjunta na criação de novas soluções, explorando ao máximo as competências de diferentes especialidades. “Há plataformas capazes de simular o ambiente real e tornar essa interação mais fluida. Assim, os participantes se sentem como se estivessem de fato escrevendo um post it em uma reunião presencial com os colegas de trabalho. As plataformas Mural e Miro entregam esse tipo de recurso, tornando possível a prática de workshops interativos de modo remoto”, comenta.

Entregue conteúdo inspirador

Impulsione conteúdos capazes de estimular o time a pensar além. Trazendo os próprios líderes da empresa, grandes personalidades ou até mesmo um grupo de clientes para contar um pouco das suas dores não atendidas. “Os webinars são uma excelente alternativa para hospedar e transmitir esse conteúdo no ambiente digital. Existem muitas plataformas prontas no mercado, como a GoToWebinar, Live, ClickMeeting, Eventials, e até o mesmo o próprio Zoom”, sugere Juliana.

O intraempreendedorismo surge como uma nova tendência no mercado. Para mais dicas e orientações sobre o mercado, acompanhe as matérias e conteúdos do Nube.

 

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe