Um dos benefícios de um ambiente de escritório é a capacidade de sair com os amigos do trabalho. Além disso, esse espaço também desempenha um papel importante no aumento da eficácia da equipe. Tem dúvidas sobre isso? Então, reúna um grupo de pessoas sem um bom relacionamento entre si, dê a elas uma tarefa complicada para realizar e observe o resultado.

Invista em uma equipe empática

Existem tantos motivos pelos quais as amizades entre profissionais realmente importam, mas como você alimenta ou até mesmo cultiva essa relação em atuação remota? Para o professor de MBA na Fundação Dom Cabral, palestrante e escritor, Uranio Bonoldi, isso pode ser feito, sim, mas de uma maneira diferente. “Com a pandemia aprendemos a importância de ser criativo e flexível, e essas habilidades se tornam extremamente importantes, agora”, explica.

Certamente, a abordagem pode ser diferente dependendo do nível de interação existente antes dessa mudança, então, selecione técnicas condizentes com a situação particular da sua empresa. Assim, se você é um líder tentando encorajar o companheirismo dentro do time, Bonoldi elencou algumas estratégias para te ajudar. Veja:

Reconheça a importância do companheirismo

O primeiro passo é reconhecer sua importância e desestigmatizar quaisquer conceitos negativos sobre a conexão entre os indivíduos. O gestor tem um papel fundamental a desempenhar, então, fale sobre companheirismo, incentive, conte a experiência de como isso foi útil para você. Ainda, passe algum tempo destacando todos os recursos da companhia para ajudar os membros a se sentirem mais conectados: grupos de conversa, clubes do livro, eventos on-line, etc.

Incentive “encontros amigáveis”

Os relacionamentos podem se desenvolver de forma bastante natural e orgânica para alguns, mas podem ser bastante difíceis de cultivar para outros - particularmente para os mais novos na corporação, naturalmente introvertidos ou aqueles com menos em comum com o restante. Além disso, obviamente, o home office rouba todos aqueles momentos de convivência ao longo do dia, tais como as brincadeiras antes da reunião, piadas na sala de descanso ou conversas rápidas durante um passeio de elevador.

Assim, sem essas oportunidades aleatórias de vínculo diário, as afinidades podem atrofiar facilmente ou simplesmente não decolar sem um “empurrãozinho”. Logo, “para resolver esse problema, marque encontros virtuais, pelo menos uma vez por semana, com o único propósito: se conhecerem melhor”, analisa o professor.

Atribua co-líderes para projetos ou tarefas

Outra abordagem é atribuir certas tarefas ou projetos a duas pessoa. Essa pode ser uma ótima maneira os membros se unirem durante o processo, por algumas semanas ou meses. Isso porque a atividade ou objetivo comum dá a eles um sentido de comunidade e, muitas vezes, a construção da camaradagem de forma bastante orgânica, como resultado do contato regular.

Nesse sentido, para a especialista em estratégia de carreira, Rebeca Toyama, trazer para a organização programas de treinamento e workshops relacionados a bem-estar e saúde mental pode aliviar os ânimos, promover um crescimento e amadurecimento individual e, ainda, melhorar a produtividade em equipe. “Agora é a hora de nos prepararmos para o futuro, cuidando do nosso negócio e fortalecendo nossos colaboradores, os grandes responsáveis pelos resultados”, ressalta.

Acompanhe nosso blog e as redes sociais, publicamos conteúdos diários com a participação de diversos especialistas. Como sua companhia tem incentivado o relacionamento dentro do time?

 

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe