Quando a pandemia começou havia duas grandes preocupações para os gestores: lidar com demissões e proteger os colaboradores dos riscos de contaminação. Foram 1,5 milhão de trabalhadores formais afastados em março e abril deste ano, segundo reportagem da Folha. De acordo com pesquisa realizada pelo Google em parceria com a MindMiners, 56% dos brasileiros tiveram queda de renda durante a pandemia.

Para Virginia Planet, sócia-fundadora da House of Feelings, diante desse cenário muitos estão precisando encontrar apoio emocional para seguir em frente. “Para quem continuou empregado, surge o desafio de realinhar propósitos e encontrar novas formas de manter a motivação. Para quem, infelizmente, foi desligado, sobrou a dura missão de lidar com sentimentos como raiva e frustração. Ao mesmo tempo foi preciso reunir forças para tentar se recolocar em um mercado totalmente abatido pela crise”, destaca.

A partir de agora a maioria das corporações está se reerguendo aos poucos, em um processo de reestruturação. Para a especialista, a boa notícia é saber: o pior já passou. “Semana a semana, estamos observando pequenas melhoras na economia: os índices apontam como o PIB de julho e agosto já demonstram uma retomada. Já existe, inclusive uma portaria do governo para a recontratação”, aconselha Virginia.

Diante desse cenário, como lidar isso nesse novo, e incerto, mercado de trabalho?

Ex-colaborador

Para a especialista, ao pensar em retomar as posições de perdidas, o primeiro item da lista certamente será avaliar a possibilidade de recontratar um ex-colaborador. “Vale pensar, é claro, no contexto no qual a demissão foi realizada e quais as expectativas tanto da empresa quanto do ex-funcionário em relação a uma possível volta”, afirma.

Segundo ela, a principal vantagem está em poder encurtar o tempo do processo seletivo e economizar recursos de contratação, pois provavelmente não serão necessários executar avaliações técnicas ou entrevistas.

Onboarding

Pensando no contexto do estresse emocional vivido durante a pandemia, outra dica de Virginia é criar um novo treinamento de onboarding capaz de incluir temas como prevenção contra o absenteísmo e o Burnout, por exemplo. “Promova também encontros individuais e a nível de gestão com o objetivo específico de falar sobre sentimentos, ressentimentos e novas expectativas. Esse momento é uma oportunidade para todos encontrarem formas criativas de atuar presencial ou remotamente e ir restabelecendo a confiança em si mesmos e na própria empresa”, comenta.

Ainda diante da necessidade de estimular a chegada de novos profissionais, para Bianca Paraguassu, coordenadora de Clima e Cultura no Olist, é importante aproveitar todas as oportunidades para encantar os candidatos nos mínimos detalhes e mostrar um pouco de como será o dia a dia dela na corporação, caso seja aprovada, ao longo de todo o processo seletivo.

A gestora orienta aos líderes: “o processo de encantamento deve continuar, a prova real acontece mesmo nos primeiros dias na instituição, quando quem é contratado saberá se toda a expectativa construída até aquele momento está ou não sendo atendida”, ressalta.

Propósito

Virginia também compartilha dessa visão e como a chegada de novos colaboradores pode contribuir até mesmo para mudanças organizacionais: “existe uma grande chance de promover uma alteração estrutural nessas equipes. Por isso, a quarta dica é exatamente aproveitar a contratação para redesenhar o propósito da companhia”, comenta.

Gostou das indicações? Acompanhe as matérias e conteúdos do Nube para mais dicas. Leia também: “para se recolocar no mercado, é preciso estar preparado.”

Feira de Estágios Nube

Você já se inscreveu para a Feira de Estágios Nube? O evento será de 26 a 28 de outubro e contará com grandes empresas, instituições de ensino e palestrantes, todos unidos para oferecer uma vivência única para sua carreira. Você também poderá enviar seu currículo para as companhias de seu interesse, participar dos painéis ao vivo e palestras gravadas e aproveitar vários serviços exclusivos. Tudo isso de maneira gratuita e on-line. Além disso, serão oferecidos certificados de participação. Eles servem para suas horas complementares. Inscreva-se já: www.nube.com.br/feira-de-estagios-2020.

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe