Após meses de um quadro elevado de demissões e fechamento de vagas, o mercado de trabalho no Brasil está dando pequenos suspiros. De acordo com dados do Ministério da Economia, o país voltou a gerar mais empregos em julho, atingindo um saldo positivo de mais de 131 mil vagas abertas. Inclusive, o Nube fará uma Feira de Estágios, 100% digital, entre os dias 26 e 28, disponibilizando oportunidades de estágio exclusivas.

Busque uma equipe resiliente

Segundo os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), no mesmo período foram contratados pouco mais de um milhão de trabalhadores formais. Isso fez desse mês, em termos absolutos de contratações, o melhor julho em oito anos. “Depois de um período longo de quarentena, a maior parte da população já retomou as atividades costumeiras de antes da pandemia”, diz o gerente de pesquisas do Datafolha, Paulo Alves.

Contudo, em meio às diversas questões reflexivas e desafiadoras, uma foi despertada de forma muito positiva nas pessoas: a capacidade de adaptação. Muitas empresas, antes com uma cultura organizacional mais formal, presa a formatos arcaicos e costumes controladores tiveram de mudar. Dessa forma, assumindo uma postura mais ágil e flexível em diversos aspectos, evitando impactos tão destruidores ou danosos para a organização.

Logo, para não serem engolidas pelo cenário instalado, as companhias tiveram de promover suas adaptações às pressas e sem grandes ensaios. Isso trouxe à tona outros dois importantes aprendizados: o uso efetivo da tecnologia e a aceitação das relações interpessoais remotas. “O nosso saldo foi muito positivo, crescemos muito nesse período, graças à nossa visão estratégica e ao entendimento da carência do mercado”, comenta o CEO da startup open banking Transfeera, Guilherme Verdasca.

A partir da quebra desse paradigma organizacional, um novo olhar à gestão de pessoas foi criado. Diante disso, a área de Recursos Humanos (RH) terá de engajar-se nesse recente estudo de viabilidade, orientando e subsidiando seus decisores para um “novo normal” nas relações de trabalho e na condução do time.

Nesse sentido, é essencial ter resiliência. O dirigente precisa ter ampla visão para conquistar também uma equipe resiliente e empática. Muito além de cobrar, é necessário ter a sensibilidade de entender as limitações de cada um. Afinal, são seres humanos.

Adapte-se, coopere e antecipe-se!

Veja só: hoje, podemos fazer entrevistas, avaliar, contratar e desenvolver indivíduos de mundo, de maneira igualmente assertiva e humanizada, assim como era “à moda antiga”. Assim, cada vez mais as análises preditivas e os algoritmos, atrelados à, ainda indispensável, capacidade cognitiva humana, funcionarão como um direcionador de eficiência institucional e de felicidade e realização de carreira para os profissionais.

Para o fundador da hiBike, Chico Carvalho, ninguém sai ileso de uma grande crise. “Então a primeira lição tem a ver com humildade, por isso, entenda: você não é o único e muita gente está enfrentando problemas iguais ou bem piores. Nos negócios, se você buscar na história, encontrará três palavras cruciais em períodos assim: adaptação, cooperação e antecipação”, expõe.

Nesse sentido, ele explica. Observe:

  • A adaptação é o ajuste. É sincronizar como é feito tal coisa, ao momento vivido.
  • A cooperação é fazer sua parte: várias pessoas e entidades estão auxiliando indivíduos, grupos, profissionais e estabelecimentos especialmente afetados pela situação. Portanto, é hora de arregaçar as mangas, oferecer canais de comunicação para campanhas, ou criar linhas de ação nesse sentido.
  • A antecipação é a grande chave para o pós-crise. Ou seja, é tentar entender agora as mudanças sociais, econômicos e comportamentais surgindo e compreender como será a dinâmica das coisas, os prejuízos e benefícios do futuro. Com uma ideia formada, você deve pensar em como desenvolver seus produtos ou serviços para essa nova realidade.

Então, fique atento aos gatilhos desse tempo. Por isso, acompanhe nosso blog e as redes sociais, pois publicamos conteúdos diariamente e contamos com opiniões de especialistas. Como o RH da sua empresa está se preparando para o futuro?

Feira de Estágios Nube

Você já se inscreveu para a Feira de Estágios do Nube? O evento será de 26 a 28 de outubro e contará com grandes empresas, instituições de ensino e palestrantes, todos unidos para oferecer uma vivência única para sua carreira. Você também poderá enviar seu currículo para as companhias de seu interesse, participar dos painéis ao vivo e palestras gravadas e aproveitar vários serviços exclusivos. Tudo isso de maneira gratuita e on-line. Além disso, serão oferecidos certificados de participação. Eles servem para suas horas complementares. Inscreva-se já: www.nube.com.br/feira-de-estagios-2020

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe