Antes mesmo da pandemia da Covid-19, o combate aos distúrbios de ansiedade e a depressão já eram percebidos como alguns dos maiores desafios em escala global pelos principais especialistas em saúde pública. Hoje, com a suspensão das atividades escolares presenciais e a necessidade de isolamento entre crianças e adolescentes, a situação passa a preocupar ainda mais os profissionais da medicina e os pedagogos. 

Há pelo menos cinco décadas, a meditação vem se popularizando no ocidente, motivada pelo crescente interesse da comunidade científica e pela sua eficácia para controle emocional, equilíbrio, concentração e atenção. Aos poucos, esse interesse ultrapassou os muros das universidades e centros de pesquisa e passou a se popularizar no mundo ocidental, tornando-se sinônimo de hábito saudável e qualidade de vida. 

Reflexão nas instituições de ensino

Nas escolas, até pouco tempo, a prática acontecia apenas por meio de ações isoladas de alguns educadores e instituições, quase nunca de forma sistematizada. Contudo, em parceria recente entre o Sistema Piaget e o Programa Soul Mind, a chamada atenção plena (mindfulness), passou a ser oferecida para centenas de escolas brasileiras, de maneira estruturada e regular. 

Na visão de Ligia Cavalaro, diretora do Sistema Piaget, com sede em São Bernardo do Campo (SP), cada vez mais, é indispensável as escolas desenvolverem atividades além do conteúdo, mas às quais também contemplem esferas sociais e emocionais da vida dos escolares. “Nesse sentido, a meditação tem se mostrado extremamente eficiente, não só para o desenvolvimento socioemocional dos alunos, mas também no aumento capacidade de atenção e na melhora do desempenho escolar”, explica.

Além de desenvolver resiliência emocional nos estudantes, outros objetivos do programa estão ligados à melhora da atenção e do desempenho escolar e ao fortalecimento de competências duráveis essenciais para o cultivo de bem-estar e felicidade.

Meditação e trabalho

Segundo pesquisa do Hospital Geral de Massachusetts, regiões do cérebro ligadas à autoconsciência, memória, compaixão, introspecção e empatia podem registrar melhorias e modificações com a ação. O estudo acompanhou pessoas durante oito semanas, com uma média de 27 minutos por dia. Esse tipo de habilidade interpessoal é muito requisitado no mercado de trabalho atualmente. 

A inteligência emocional, por exemplo, é formada por competências como autoconsciência e autocontrole das emoções, orientação para realização e otimismo. Também abrange adaptabilidade, empatia, consciência organizacional, influência, treinamento e mentoria, gestão de conflitos, liderança inspiradora e trabalho em equipe. Saiba mais sobre o assunto na TV Nube!

Saúde mental

Para minimizar os impactos, uma dica é realizar rodas de conversa semanais, com um bate-papo sem abordar metas ou resultados. Também é importante abrir canais de comunicação sistêmicos e ativos, ferramentas para medir o grau de adesão e participação, implantação de sistemas e programas de feedback, além de proporcionar momentos leves, onde as pessoas exponham como está sendo a rotina dentro de casa, os conflitos, as dificuldades ou desabafos além das questões profissionais.

A empatia é fundamental nesse momento. O gestor deve escutar o funcionário e responder às necessidades dele. Além disso, o setor de RH precisa elaborar ações para a instituição ser um porto seguro do colaborador. Com a atuação conjunta, é possível aliviar as emoções pesadas desse momento.

Quais práticas você realiza para cuidar da saúde mental?

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe