Com a crise desencadeada em função do Covid-19, muitos brasileiros estão com problemas financeiros e precisando arrumar rendas para suportar as contas do mês. De acordo com pesquisa do Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Fundação Getúlio Vargas), a taxa de desemprego, por exemplo, pode chegar a 18,7% no país, a maior desde os anos 1980, quando começou o estudo. O grande desafio, portanto, é como manter o faturamento ou até mesmo criar uma forma alternativa de conseguir esses valores diante do atual período. 

Segundo o presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros, Reinaldo Domingos, é preciso planejamento nessa hora. "Parece difícil, pois a crise está horrível, mas é possível ter uma arrecadação extra. Um ganho a mais pode ajudar a passar por essa fase com mais segurança financeira e facilitar a conquista dos sonhos", analisa.

Pensando nisso, o especialista lista alguns postos para quem deseja investir nessa saída. 

Planejamento

Para Domingos, a primeira ação não é necessariamente uma fonte de trabalho, mas sim a busca por um planejamento, reduzindo os gastos e conseguindo uma folga no bolso. “Como costumo lembrar, na maioria dos orçamentos pessoais e familiares é possível conseguir uma redução de 20% das despesas apenas se atentando aos hábitos e comportamentos financeiros”, aconselha. 

Crie seu comércio

O presidente sugere a venda de itens não mais utilizados. Assim, você cria uma fonte adicional. “Faça uma faxina em casa, veja se tem roupas, eletroeletrônicos, jogos, sapatos e outros produtos não tão importantes. Essa é hora de repassar isso para frente e ganhar algum dinheiro. Existem muitos sites especializados em fazer esse intermédio e todo fôlego no caixa é necessário”, explica. 

Trabalhos pontuais

Para trazer receitas, é válido levantar uma renda extra com trabalhos pontuais. “Você com carta de moto ou mesmo de carro, pode fazer entregas. Os aplicativos estão em alta e  são alternativas. Cadastre-se e busque realizar esse tipo de função”, ressalta Domingos.

Desenvolva novos produtos

Algumas pessoas já estão desenvolvendo produtos ou mesmo utilizando o network para realizar vendas de artigos. “Tem muita gente fazendo as famosas máscaras de proteção e outras revendendo objetos on-line. Outro exemplo pode ser a comercialização de doces e alimentos no condomínio ou em sua região”, indica o gestor.

Consultoria

Por outro lado, quem preferir continuar em sua área de atuação, um caminho é passar a oferecer serviços virtuais, como de consultoria, aulas e freelancers. “Há também uma retomada de conhecimentos e aperfeiçoamento profissional. Quem tem habilidades específicas, como cozinhar ou educação financeira, pode fazer disso, agora, um hobby gerador de lucro”, indica Domingos. 

Na hora de gastar

Para o professor de Ciências Econômicas e Contábeis da IBE, conveniada com a FGV, João Marcos Borges, faltando dinheiro na carteira é importante ter atenção para evitar despesas desnecessárias. Por isso, destaca algumas dicas: 

  • Defina a aquisição com racionalidade;

  • Pesquise as opções disponíveis e compare preços. “Na Internet é possível encontrar sites de conferência dos valores, indicando os pontos de vendas, onde a economia será maior. Reserve um tempo para fazer essas pesquisas”, comenta Borges;
  • Não compre nada por impulso, o momento econômico é de cautela; 
  • Se possível, pague à vista e evite acumular dívidas no cartão de crédito; 

Como você tem lidado com suas despesas? Controlar os gastos e contar com alternativas para obter novos rendimentos é uma boa forma para lidar com a crise econômica. Conte com o Nube para mais dicas e orientações.

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe