O “novo normal” não consiste somente no período de recessão econômica, mas, sim, uma realidade. “Freelas”, jobs, bicos e empregos temporários estão cada vez mais presentes. Com isso, sucessivas mudanças de comportamento e cultura culminaram ao início da era do trabalho: cargos flexíveis e igualmente instáveis. Então, todos devemos estar preparados.

O “novo” cenário corporativo

O economista britânico Guy Standing estuda há anos as mudanças no mercado de trabalho provocadas pela globalização e pela revolução tecnológica. Em 2011, ele publicou um livro falando sobre o “precariado”, combinação entre as palavras “proletariado” e “precário”. Segundo ele, esse grupo de pessoas passa a vida com serviços temporários, os quais agregam pouco valor, sensação de pertencimento e realização pessoal. Logo, são extremamente frustrados.

Não é difícil perceber isso. Aliás já vem acontecendo há anos, de acordo com o coach empresarial, Marcos Yabuno Guglielmi. “Jovens recém-formados se decepcionam ao se deparar com um mercado de trabalho pouco acolhedor, recebendo-os como mais um de uma linha de produção. Aí é onde está o problema. Enquanto a geração anterior foi condicionada a entrar em uma empresa e ir, pouco a pouco, conquistando seu espaço, hoje as vagas estão cada vez mais escassas e o mundo se tornou ainda mais volátil – ou líquido, como classificou o sociólogo polonês Zygmund Bauman”, explica.

Cuide da saúde mental no processo

Diante dessa pressão, acontece o “boom” de doenças mentais como depressão, síndromes, ansiedade e tantas outras. Nesse sentido, para cuidar do bem-estar e ajudar a lidar com as circunstâncias, a terapia guiada surge como uma alternativa. Alguns aplicativos foram lançados na tentativa de auxiliar nesse processo de autocuidado emocional e autoconhecimento.

Esses apps permitem fazer testes periódicos para acompanhar o estado emocional e a evolução. Bem como, sessões guiadas de meditação, diário emocional para anotar os bons e maus momentos e refletir sobre o aprendizado durante o dia.

Para o médico psiquiatra, PhD em neurociências e psicoterapeuta, Diogo Lara, os dispositivos on-line e digitais ajudam bastante, contudo, não anulam a importância de especialistas no tratamento psicológico e mental. Assim, “eles podem ser a porta de entrada, quebrando uma barreira utópica existente em nossa sociedade. Além disso, muitas pessoas têm se beneficiado de combinar a terapia guiada por app com a orientada por profissionais”, avalia Lara.

Una bem-estar com ação, o resultado será o sucesso!

Logo, para se manter na ativa e se adaptar às transformações é preciso do cuidado pessoal e colocar a “mão na massa”. A pandemia acelerou tendências, ou seja, cada vez mais é preciso correr atrás do tempo perdido. Por isso, “procure aprimorar suas características positivas, acadêmicas ou não e elaborar melhor seu plano profissional. Entre as poucas certezas para os próximos anos está a de permanecer na zona de conforto. Isso não leva a nada. O trabalho com propósito parte do princípio de encontrar seu fator de realização e buscar oportunidades para sua concretização”, ressalta Guglielmi.

Conforme o coach, se é o fim da era do emprego, seremos nós os próprios criadores de trabalhos e funções. Em vista disso, o marketing pessoal deve se tornar cada vez mais importante: é preciso ser visto para ser lembrado. Inclusive, o Nube tem disponível on-line e gratuito um curso sobre isso.

Ter uma formação profissional invejável não é mais suficiente se não se mostrar um sujeito com boa rede de conexões, resiliente, pró-ativo e capaz de operar em equipe. As empresas estão a procura de alguém com diferencial. Participar de atividades voluntárias (ou comunitárias) pode fazer mais diferença no currículo em confronto a uma pós-graduação.

Portanto, se os critérios de seleção mudaram, você também precisa! Fique atento e acompanhe nosso blog e as redes sociais. Publicamos conteúdos diariamente e temos opiniões de diferentes especialistas. Assim, você se mantém alinhado com o mercado. Você já está preparado para esse novo normal?

 

 

 

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe