Após algumas semanas tentando compreender como se adaptar para essa nova situação, muitos profissionais já fazem comparação de seus processos e práticas antes e depois da pandemia. Agora, passados quase três meses em quarentena, notam-se ações não tão evidentes para muitos gestores lá no começo. Com isso, a pergunta atual é: como definir as prioridades daqui pra frente?

Planejando o futuro

Fica tudo mais nítido quando acontece. Logo, podemos falar com certa propriedade sobre o ponto mais importante a ser priorizado em um distanciamento social como esse. Sem dúvidas é o bem-estar do time. Iniciativas dessa natureza foram inúmeras: flexibilização do trabalho remoto, adaptação dos benefícios oferecidos pelas empresas, instalação de equipamentos apropriados nas casas dos funcionários, entre outras.

Nesse sentido, “fui percebendo em alguns comércios a incorporação da ideia de relevância ampliado, bem como, estavam agregando além da lucratividade e rentabilidade. De fato, “perceberam” como funciona a usina de geração de valor para um universo de stakeholders. Um novo modelo estava surgindo, aquele no qual os empreendimentos precisam efetivamente pensar muito além da sua gestão econômica”, explica o professor de Finanças Corporativas e Sustentabilidade Empresarial, no ISAE - Escola de Negócios, Pedro Salanek Filho.

Assim como o impacto do Coronavírus está sendo sentido de maneira diferente em cada um dos setores da economia, essa resposta também difere para cada realidade. Entretanto, o CEO da Eureca, Douglas Souza, listou boas práticas comuns dentro desses cenários. Veja:

Não perca sua visão de longo prazo - além de resolver e garantir a passagem da sua corporação por esse momento turbulento do presente, tenha em mente a visão de longo prazo. Logo, identifique possíveis oportunidades para adaptar a estratégia e continuar em frente. Isso ajudará, sem dúvidas, a desenvolver um senso de priorização valorização no decorrer do tempo. Ou seja, a rota pode ter sido alterada, mas o destino final continua o mesmo.

Monitore indicadores importantes para você e para seu negócio - aceitar a incerteza do cenário atual é um primeiro passo para diminuir a ansiedade. Então, o monitoramento de indicadores relevantes para a sua área é uma maneira de se antecipar a alguns movimentos do mercado.

A divisão desses indícios pode ser feita em dois blocos: internos e externos. No primeiro, critérios como vendas, projetos, serviços, produtos congelados ou pedidos cancelados, nas últimas semanas e dias. Já no segundo bloco, de sinais externos, alguns exemplos são: número de casos confirmados em seu estado, país ou cidade e capitais em lockdown. Bem como, o ritmo de notificação de ocorrências. Com isso, a combinação deles e a análise conjunta pode dar pistas das prioridades pela sua equipe nos próximos dias, semanas e até meses.

Comunique com vulnerabilidade e transparência - “vi em uma das lives nos últimos dias, um CEO de uma grande rede varejista trouxe uma fala muito sincera e empática: "se eu tenho uma boa quantidade de informações da minha empresa estou com muitas incertezas de como fazer, imagina meu time no chão de fábrica?”, comenta Souza.

Por isso, ao decidir as preferências, busque comunicar e reforçar a mensagem de diferentes maneiras para todo o público interno. Orientando-se pelo equilíbrio entre resolver os problemas de agora sem perder a visão de futuro. Assim, o engajamento não ficará restrito apenas às lideranças, mas ganhará os quatro cantos e, consequentemente, maiores e melhores resultados poderão ser atingidos.

Portanto, “as instituições as quais abraçarem a causa conjuntamente, forem solidárias, compartilharem soluções, auxiliarem as pessoas pelas plataformas digitais, ou seja, colocarem efetivamente seus negócios à disposição da sociedade serão vistas de forma muito mais positiva. Além de serem mais lembradas futuramente”, finaliza o professor Salanek Filho. Algumas grandes companhias, possuem seus comitês de crise, estão sendo muito cuidadosas em alinhar seus posicionamentos junto a comunidade.

Mantenha-se informado, continue acompanhando nosso blog e as redes sociais. Publicamos conteúdos diariamente e temos a participação de especialistas de diferentes áreas. Assim, você se mantém atualizado e ganha destaque em meio ao mundo corporativo. Conte com o Nube!

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe