Em situações como as vividas atualmente, diante da quarentena, muitos padrões aos quais estávamos acostumados mudam. Modernos meios de comunicação foram aderidos, novas formas de consumir produtos e serviços passaram a ser primeira opção. Com isso, preços e produtos também acompanharam essas transformações. Então, fique atento às nossas dicas para sobreviver a esse tempo sem grandes preocupações!

Novos cenários

Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), em abril, o custo da cesta básica aumentou em 16 capitais quando comparado ao mês anterior. Ainda nessa mesma pesquisa, em São Paulo, o acréscimo superou os 7% em relação a março passado.

“Em um primeiro momento, podemos atribuir essa elevação à própria demanda das indústrias junto aos supermercados, em razão do maior consumo das famílias”, explica o professor de economia IBE Conveniada à Fundação Getúlio Vargas, Anderson Pellegrino. Isso, pode ser decorrente dos membros em casa, realizando todas as refeições, diariamente. Situação atípica, pois grande parte dos indivíduos fazia, pelo menos, uma das alimentações no local de trabalho.

Com isso, uma pesquisa da FGV mostra, no período da pandemia, os preços dos itens básicos ficando mais caros: é o caso do feijão. Ele subiu o valor de 1,45% para 8,60%. Isso, entre o período de 23 de março e 22 de abril.

Planejamento é a palavra da vez!

Em vista disso, Victor Corazza, professor de pós-graduação de Empreendedorismo, Gestão Financeira & Contabilidade Geral na IBE Conveniada FGV, elenca algumas dicas de planejamento. Essas podem favorecer a tranquilidade financeira dos lares brasileiros. Veja:

Definir bem a lista de compras - é importante separar os itens imprescindíveis dos supérfluos. Bem como, anotar produtos equivalentes também é uma maneira de economizar como trocar feijão por lentilha, por exemplo. Logo, quanto mais substituir, maiores são as chances de poupar dinheiro.

Evite ir ao supermercado com fome - quem nunca escutou isso de sua mãe? Pois é, ela tinha razão. Logo, essa sugestão pode ser a chave do sucesso para não cair nas tentações em adquirir doces e alimentos desnecessários em promoção. Aliás, essa sugestão vale também para minutos antes de ter feito umas das principais refeições.

Escolha um bom mercado - existem muitas opções com diferentes modalidades de vendas. Observe:

  • Mercado de atacado: compra diretamente dos produtores e repassa aos estabelecimentos comerciais, destinados a vender para o consumidor final.
  • Varejista: estes estabelecimentos concentram suas forças para atender a pessoa física e o público em geral. Comumente, são esses os comércios bairristas ou centrais das cidades.
  • Atacarejo: são supermercados com grande volume de artefatos e, em geral, por um preço mais vantajoso e acessível.

Promoções - olhar as promoções é uma excelente alternativa, contanto no caso dos descontos serem sobre os artigos já presentes na lista de compras. “Será interessante observar como será o comportamento dos consumidores quando tudo passar. Esses novos hábitos podem determinar alterações significativas e profundas na forma de consumir. Com isso. viveremos o chamado ‘novo normal’, comenta Corazza.

Comparar marcas e produtos - diante da grande competitividade mercantil, praticamente em 100% das mercadorias há opções de qualidade e valor. Então, o consumidor pode optar pela qualidade idêntica, mas com menor preço.

Outra situação, é o crescimento no segmento de delivery, frente ao isolamento social. Com isso, para quem está fazendo as compras por aplicativo, é essencial buscar por promoções. A grande concorrência do setor leva a verdadeiras queimas de estoque, fretes grátis e cupons para conquistar e fidelizar os clientes.

Deixar para trás hábitos antigos e implementar mudanças é um grande desafio. Portanto, se colocar em prática essas estratégias, verá os resultados significativos. Apenas dê o primeiro passo. Conte sempre com o Nube!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe