Nos últimos meses, com o aumento de casos de coronavírus no país e medidas do governo para incentivar o isolamento social, muitas pessoas estão trabalhando em esquema home office. Porém, nem todas as empresas tiveram tempo para treinar seus funcionários para esse estilo de trabalho. Para a modalidade funcionar é preciso muita disciplina, concentração e organização. Por isso, surge o questionamento: como ser produtivo após mais de dois meses de quarentena?

Erika Linhares, executiva especializada em comportamento e cultura organizacional, implementou o teletrabalho em sua empresa e liderou a distância mais de 500 pessoas, portanto, lista algumas das principais dicas e orientações para a prática funcionar e trazer resultados para as corporações.

Planejamento

Tudo começa com o planejamento. Muitos profissionais ainda subestimam a sua importância, porém dificilmente suas metas e objetivos serão alcançados do modo esperado sem programação. “Sem isso, os indivíduos administram, erroneamente, sua carreira e finanças e as organizações sofrem com a má gestão de pessoas, produtos e serviços. Estabeleça seu horário de trabalho, faça sua agenda e desenhe um cronograma da sua rotina estabelecendo períodos para cada ofício”, afirma Erika.

A executiva aconselha ainda a definir as tarefas por grau de importância e prazos para encerrar cada uma. Dessa forma, prioridades são estabelecidas e nada se transforma em urgência, gerando desespero.

Faça pausas

Assim como a jornada de trabalho é importante, saber gerenciar pausas e intervalos é essencial. Negligenciar essa atitude pode trazer riscos para a saúde, além de ser uma ótima forma de digerir novas ideias e estimular a criatividade. “Ficar o dia todo na frente de uma tela pode causar estresse. Faça intervalos, tome um café. Antes ou depois de trabalhar, exercite-se em casa ou assista a algum filme”, orienta a especialista.

Escolha o melhor local de trabalho

Apesar de meses já terem passado, alguns colaboradores ainda enfrentam o desafio de escolher um ambiente adequado para a atuação profissional. Erika sugere optar por espaços da casa longe da cama e da TV: “procure um lugar organizado para a concentração fluir. Defina também as ferramentas utilizadas para fazer seu trabalho e garanta total funcionamento delas, seja Internet ou notebook, por exemplo.”

Execução

Algumas pessoas já estão sentindo o impacto de ficar dentro de casa em seu próprio organismo. Muitos estão trocando o dia pela noite, ação prejudicial para a produtividade e qualidade de vida. “Não durma até tarde e evite acordar tarde, pois essa atitude pode dar a impressão de férias e diminuir o aproveitamento. Tente acordar próximo ao horário já habitual para ir ao escritório”, ressalta Erika.

Aprimore os seus relacionamentos

A quarentena serviu como alternativa para ampliar o uso de ferramentas tecnológicas e estabelecer novas formas de convívio social. “Acione as pessoas mesmo a distância e aprimore os seus relacionamentos. Você não precisa esperar um encontro físico para resolver problemas. Procure as pessoas por telefone, Skype ou outra rede social. O isolamento por conta do coronavírus é apenas físico”, ressalta a gestora.

Faça acordos nas relações familiares

Muitos contratados estão dividindo a casa com os familiares e se alternando em diversos papéis - mãe, pai, irmã entre outros -, exigindo uma maior atenção à ordem e ao foco. “É preciso orientar os filhos quais são os momentos de trabalho. É fundamental aprenderem a respeitar o limite de convivência. Cônjuges também precisam pré-estabelecer acordos para coabitarem, como usar fone de ouvido em uma reunião virtual. Essas atitudes são importantes para não gerar discussões na família”, menciona a especialista.

A empresária Ninna Lourenço, conta algumas das atitudes praticadas para conciliar a maternidade, os deveres com a empresa e ainda ter um tempo para si: “o meu segredo é estabelecer uma rotina, tanto para mim quanto para os meninos. Eu sempre atribuo tarefas a eles, desde arrumar a própria cama até as atividades da escola. Além disso, considero importante manter os horários de alimentação e do sono.”

Para ela, ter um tempo de autocuidado é primordial. "Eu gosto de me exercitar, ler e escutar boas palestras on-line. Vejo isso como prioridade e não abro mão. Porém, não se esqueçam: no atual período de instabilidades, é comum faltar paciência para realizar alguma tarefa e a angústia aparecer, mas tenha calma. Respire fundo. Os filhos e os familiares precisam respeitar suas necessidades particulares para o próprio desenvolvimento pessoal”, finaliza Ninna.

Quer mais dicas de como lidar com os desafios e os benefícios do home office? Acompanhe as matérias e conteúdos do Nube!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe