Um dos desafios enfrentados por gestores de todos os setores é implementar o home office, tanto em momentos recentes, com o coronavírus, quanto em oferecer a prática como um benefício. Afinal, o distanciamento pode ser um impasse a ser superado. Como? Descubra nesta matéria!
                                                                   
Benefícios da prática                                           
                                                                   
Para a psicóloga organizacional Patrícia Barbosa, do Rio de Janeiro, esse recurso é essencial não apenas em momentos como a crise enfrentada ultimamente, mas também para engajar os colaboradores. “A opção de ficar em casa, mesmo por uma vez na semana, já aumenta a qualidade de vida e o bem-estar dos times”, alerta.
                                                                   
Quem conseguiu                                           
                                                                   
De acordo com Paulo Fernandes, CEO da RuaDois, esse tópico foi bem resolvido, principalmente por conta da proposta da companhia quando foi fundada. “A empresa, por ser digital, já nasceu de forma remota. É relativamente simples para a gente, porque conhecemos a maneira de operar e entendendemos esse método”, relata.
                                          
Ainda de acordo com ele, para enfrentar a pandemia do coronavírus, foi estabelecido um comitê de crise. “Nos reunimos diariamente para monitorar o cenário e definir ações”, completa.
                                                                   
Adotar medidas específicas faz a diferença                                           
                                                                   
A retomada de alguns antigos costumes também foi essencial para garantir a assertividade de todo o quadro de pessoal. “Nós retomamos rituais como as reuniões diárias de todos os grupos. Cada membro traz três informações: a primeira é aquilo feito de ontem para hoje, a segunda é aquilo a ser feito entre hoje e amanhã. A terceira é qualquer empecilho para a entrega daquele indivíduo”, explica.
                                                                   
União é imprescindível                                           
                                                                   
Para ele, dessa forma é possível manter o coletivo conectado. “Nos certificamos se as pessoas estão de fato produzindo e avançando nas suas tarefas de forma leve”, constata. “Também voltamos com o fechamento da semana. A gente fala como foi os últimos sete dias de uma forma menos focada em processo, com maior percepção emocional”
                                                                   
Diversão a distância                                               
                                                                   
Até mesmo o momento de descontração ao final do expediente adotado em várias companhias, consegue migrar para o universo cibernético. “Nosso tradicional happy hour feito quase toda semana presencialmente, trouxemos para o meio digital. Começamos a fazer um bate-papo para fechar o ciclo e manter a ligação dos funcionários”, compartilha Fernandes.
                                          
Em resumo, um gerenciamento sério, capaz de tratar os processos de forma serena é crucial para superar qualquer impasse no processo de implementação de qualquer solução. Saiba como conseguir uma cultura de alta performance.

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe