Um dos grandes desafios enfrentados por gestores em seus times é como garantir a alta performance. Afinal, esse aspecto é fundamental para um bom posicionamento no mercado. Um dos meios de auxiliar a conquistar esse aspecto é investindo em um diálogo sólido e bem  estruturado com seus clientes internos. Saiba mais!
                                                      
Possibilidades de implementação
                                                      
Para Elizeo Karkoski Pereira, diretor executivo da agência P3K Comunicação e especialista em endomarketing, a Comunicação Interna (CI) pode ser um dos recursos das companhias para fortalecer os objetivos e propósitos declarados pela instituição. “Posto isso, é importante dizer também: ao se constituir uma empresa, essa interação interna passa a existir, assim como a cultura corporativa. Sua existência é inerente à vontade dos sócios, afinal, a famosa “rádio peão” sempre estará on-line, os hábitos e comportamentos aparecerão”, comenta.

Assim, é possível dizer como as entidades, mesmo sem querer, têm essa característica em comum. “Agora se ela é estratégica ou não, já é algo bem mais complexo”, diz. Por meio de um projeto bem pensado voltado a isso, será possível ter condições de alinhar com precisão sua força de trabalho.
                                                      
Benefícios da prática
                                                      
Essa conversação bem estruturada não é responsável por alterar processos, diretrizes e atividades em geral. “A intenção é de conscientizar, informar e formar pessoas para executarem tarefas alinhadas com os procedimentos, focadas nos escopos, contribuindo para um bom clima organizacional”, explica.
                                                      
No estágio
                                                      
Pablo Garcia estuda marketing na Unopar, em Campinas. Em seu estágio, as tarefas envolvem desenvolver propostas para motivar os colegas. “É desafiador, mas a empatia e o diálogo verdadeiro ajudam a entender as demandas de cada área para engajá-las direito”, compartilha.
                                                     
Opções disponíveis e desafios
                                                               
Atualmente, contamos com uma grande gama de canais para interagir, principalmente digitais. “Temos redes sociais corporativas, como o Workplace do Facebook e Yammer da Microsoft, aplicativos para TV institucional e apps de mobile. Isso sem contar os clássicos: e-mail, mural, jornal ou até mesmo o face a face”, constata o especialista em endomarketing. Entretanto, antes de definir quais meios utilizar, é crucial compreender profundamente o público e infraestrutura disponível. “Uma solução para quem atua em uma lavoura está muito distante de quem está em um escritório administrativo”, defende.

Para garantir a escolha assertiva das opções, existe um trabalho de diagnóstico. “É realizar uma pesquisa com os colaboradores, líderes e board para avaliação da viabilidade técnica”, comenta. De acordo com o especialista, o maior desafio da CI nas companhias é falha ao cascatear a informação de forma homogênea para evitar ruídos. “Isso inevitavelmente acaba afetando o nível de confiança dos contratados, prejudicando a reputação da marca”, conta.

Portanto, garantir uma conexão forte e estável com o quadro de pessoal é crucial para o sucesso do empreendimento. Descubra como reforçar o trabalho em equipe. Conte sempre com o Nube!

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe