Antes da crise global do Covid-19 o mercado já estava passando por uma verdadeira revolução. Contudo, nesse momento isso está se acelerando e uma pergunta ecoa entre o mundo corporativo: qual será o futuro do trabalho pós-pandemia?

Nova relação com o trabalho

Anteriormente a essa situação, a filial japonesa da Microsoft adotou a experiência de implementação do final de semana de três dias. O experimento feito por 30 dias teve a repercussão de um aumento em produtividade de 40%.

Do outro lado, no Brasil, com adoção emergencial do home based como forma de redução do contágio do vírus, espera-se crescer a adesão, em 30%, pós-coronavírus. Esse número é resultado do estudo do professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), André Miceli.

Assim, diversos profissionais acreditam ser esse um padrão sem volta. "O home office nos dá mais rapidez, flexibilidade e engajamento. Na minha visão, teremos um crescimento notável dessa modalidade, por esses fatores, criando importantes mudanças em vários tipos de negócios. Logo, exigindo uma capacidade de adaptação pelas empresas afetadas e permitindo o surgimento de várias formas de serviços atrelados”, expõe o CEO da Simpress - líder do mercado de outsourcing no Brasil- Vittorio Danesi.

Contudo, para a especialista em usabilidade e arquitetura da informação, Melina Alves, para esse sistema ter sucesso, é vital as instituições compreenderem as dificuldades dele. Ou seja, laborar em suas casas, o tempo todo, pode deixar funcionários vulneráveis à influência de informações e eventos fora do meio corporativo.

É preciso adaptação

“Existe toda uma cultura organizacional por trás de cada colaborador. Com isso, antes de oferecer a possibilidade de atuar remotamente, as organizações devem preparar todo o grupo, de gestores a auxiliares. Ou seja, fornecer infraestrutura e segurança para a continuidade da produção”, explica a também CEO e fundadora da DUXcoworkers, Melina.

Nesse sentido, a colaboração é fundamental. Logo, contar com a compreensão, engajamento, feeling e empatia da equipe é um desafio, mas essencial. Assim, os resultados poderão surpreender mesmo os mais descrentes, visto, a capacidade de aumentar a motivação interna. Bem como a produtividade do time e a qualidade das tarefas apresentadas.

Impacto positivo da modalidade

Uma pesquisa recente, realizada por professores da Harvard Business School e da Northeastern University, revelou aumento de 4,4% na entrega em atuação remota. Com isso, a modalidade tem benefícios para os negócios, como:

  • Economia com encargos sociais
  • Produtos ou serviços melhores e com custos reduzidos
  • Vantagens fiscais
  • Retenção de talentos - afinal, o teletrabalho faz parte do conjunto de proveitos da companhia.
  • Contratação sem a preocupação da distância
  • Leis trabalhistas mais estruturadas

Da mesma forma, os ganhos também se estendem ao staff, veja:

  • Maior independência e liberdade profissional
  • Menos estresse no trânsito a caminho do serviço
  • Alimentação mais saudável
  • Flexibilidade de horários
  • Autogerenciamento

No entanto, isso não significa a extinção dos escritórios, mas, sim, o crescimento da modalidade. Por conseguinte, podemos observar essa expectativa na pesquisa recente do LinkedIn: uma das principais tendências para o futuro, segundo 72% dos recrutadores ouvidos pela plataforma é a flexibilidade no serviço.

Além disso, trabalhadores espalhados em diferentes regiões elevam o poder global do empreendimento, expandindo seus horizontes geograficamente. Isso, é uma medida mais econômica em relação a abertura de novas sedes. Por isso, uma melhor estratégia para a conquista de novos mercados.

Portanto, grandes interesses apontam novos caminhos. Invista nisso e boa sorte!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe