Atualmente, já são mais de 2 milhões de estudantes matriculados em cursos EAD (Educação a Distância). O dado foi divulgado pelo Censo do Inep/MEC 2018 e demonstra o surgimento de um novo fenômeno educacional. Com o isolamento social como medida preventiva para o Covid-19, muitos estudantes também estão se adaptando a essa dinâmica.

Valmera Ciampi, especialista em marketing, comunicação digital e diretora de inovação da faculdade Fael, demonstra como a modalidade possui muitas vantagens para o fluxo acadêmico. “A educação a distância veio democratizar o ensino superior no país, levando acesso à milhares de brasileiros, em especial para aqueles residentes de regiões onde não existem instituições presenciais locais. Penso ser o melhor benefício quando observamos o coletivo”, explica.

Quando verificado de forma individual, Valmera também enxerga um cenário positivo pela adaptabilidade à rotina pessoal de cada educando. “Passou a época do aluno precisar ir até o professor para aprender e o ensino estar cercado pelos muros das universidades. Com esse modelo, o docente é quem vai até o discente em casa, no intervalo do trabalho, no caminho….ou seja, dentro da realidade dele. Além disso, existem dezenas de recursos e ferramentas para agregar conhecimento”, afirma.

Essa realidade foi permitida pelos avanços da tecnologia. De acordo com a pesquisa TIC Domicílios, realizada pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic), a web já está presente em 67% dos domicílios brasileiros.

A diretora exemplifica alguns dos recursos da faculdade Fael: “a participação nos fóruns, por exemplo, conecta o universitário com colegas de outras realidades, estados e municípios e, no caso da pós-graduação até em com outros países, tornando a experiência riquíssima com troca de conhecimento e exemplos reais. Os professores estão disponíveis por meio da web-tutoria para fazer atendimentos individuais e auxiliar o aluno em relação às suas dúvidas e questionamentos.”

No entanto, se o cenário é uma novidade para você, confira algumas dicas da especialista:

Tenha foco!

Estudar em casa requer o dobro de atenção para não se perder em distrações. “É necessário se organizar, separar tempo para se concentrar nas disciplinas, colocar as leituras em dia e aproveitar para aprender mais”, orienta.

Não desista!

Possivelmente, algumas pessoas podem estar indagando se devem ou não continuar a graduação. O momento é de incertezas, mas Valmera ressalta: a educação é sempre o melhor caminho! “É fundamental não perder de vista o seu propósito futuro. O ensino superior é extremamente importante na vida do cidadão, especialmente no Brasil. De posse de um diploma ele passa a ter mais chances de concorrer às melhores posições e vagas de emprego mais qualificadas. O jovem não deve ceder às dificuldades do percurso. O processo de aprendizagem deve ser trilhado aproveitando todas as experiências disponíveis”, aconselha.

Em momentos de instabilidade é importante também se atentar aos pensamentos, Celso Lopes de Souza, médico psiquiatra, sugere algumas orientações para os jovens cuidarem da saúde mental durante o isolamento social: “se uma pessoa não reconhece determinada emoção, ela não sabe se está sentido algo apropriado para a situação. Isso significa conhecer os sintomas físicos e identificar os gatilhos do medo, raiva ou tristeza”

Para isso, Souza recomenda o autoconhecimento e a autoanálise: “encontre e reforce emoções mais coerentes. Por exemplo, é normal uma pessoa sentir insegurança em um contexto de pandemia, mas se os pensamentos forem ‘nunca mais as coisas voltarão ao normal’ ou ‘todo mundo vai contrair a doença’, ela pode amplificar a força da tristeza e do desespero.”

Portanto, se deseja mais dicas de como lidar com o distanciamento e os desafios do ensino a distância, acompanhe as matérias e conteúdos do Nube.

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe