Em um ambiente de negócios tumultuado, muitas empresas conseguem diferenciais enormes apenas observando a si mesmas e valorizando os seus recursos e entregas. Assim, as chamadas competências organizacionais abrangem um reconhecimento de toda a corporação, mas estão fundamentadas nos processos e, principalmente, no conjunto de todas as características dos colaboradores.

Saberes, habilidades, atitudes e valores estabelecem essas aptidões. Os mecanismos podem oferecer soluções exclusivas, inexistentes em outros espaços. A visão muda a forma de enfrentar a concorrência e analisar os momentos adequados para fazer mudanças necessárias. “Compartilhar essas experiências, formar uma cultura corporativa e participar dessa rotina contribui para fortalecer a missão, visão e os valores dessa instituição”, avalia Luiz Lanzini, estrategista em administração da Trajetória Consultoria.

Na visão de Raffaela Capelo, analista de Recursos Humanos na Visiona Tecnologia Espacial S.A., em São José dos Campos (SP), algumas características se destacam. “As mais relevantes são o relacionamento e parceira, foco no cliente, obtenção de resultados, planejamento e ação estratégica”, afirma. 

Vantagens 

Entender como estão distribuídas as capacidades empresariais é um grande passo para as companhias as quais buscam se diferenciar. Uma loja de peças automotivas, por exemplo, precisa ter uma localização adequada ao seu porte, um bom atendimento, estoque de itens à pronta entrega, ou seja, uma composição de fatores imprescindíveis para manter o empreendimento funcionando. 

Os conhecimentos distintivos são outro ponto chave, para diferenciação entre os concorrentes. Nesse caso, o procurado é a geração de valor para seus consumidores, auxiliar o negócio a acessar diversos mercados e ser de difícil imitação. Cada uma pode desenvolver esses diferenciais da melhor forma, dentro de suas maestrias e criatividade. 

Como desenvolver?

Cada instituição pode fazer uma análise de seus pontos básicos e essenciais. “O primeiro passo seria mapear as competências e identificar as necessidades de distinção e as carências para um bom desempenho. É possível com esses resultados definir quais setores precisam ser aprimorados. Nesse caso, muitos negócios investem em treinamento e desenvolvimento de colaboradores”, explica Lanzini. 

Vale lembrar: ampliar as qualidades pode aumentar o nível de satisfação do funcionário e deixá-lo mais interessado no trabalho. Cuide da equipe e tenha sucesso!

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe