Ser uma pessoa saudável é uma definição ampla. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) é “um estado de completo bem-estar físico, mental e social.” Em tempos de instabilidade, como o atual avanço do Covid-19 no mundo, a saúde psíquica também deve ser colocada em evidência. 

José Toufic Thomé, psiquiatra e psicoterapeuta especialista em situações de crises e transtornos da contemporaneidade, explica: “diante do momento tão crítico quanto inesperado, será imperativo dedicar atenção ao equilíbrio emocional das pessoas. Sejam aquelas efetivamente afligidas pela doença ou as assintomáticas, as quais terão vivenciado a mesma realidade disruptiva.” 

O cenário por si só já é capaz de provocar alterações psicológicas, porém a esse contexto é somado as consequências do isolamento coletivo. A prática é uma das recomendações para minimizar o contágio e a propagação da enfermidade. Toufic afirma: “a partir de eventos disruptivos dessa magnitude, podem emergir reações primitivas, associadas ao desamparo e angústia de aniquilação. Em muitos casos, a subjetividade de cada indivíduo em compreender e interagir com a existência - ou expectativa de futuro - será capaz de criar fantasias com potencial para ampliar, irrefletidamente, receios, incertezas, inseguranças, perplexidade e angústias.”

Com o intuito de cuidar melhor da sua mente durante esse momento, o médico indica: “em períodos adversos, saber ao menos identificar e nomear os sentimentos, compreendendo qual a sua origem, permitirá aos indivíduos organizarem as suas emoções, de modo a não se perderem em medos.” Na prática, é indicado ficar atento às suas reações e a possíveis mudanças no organismo como um todo.  

Mantenha a esperança

No entanto, apesar de todas as dificuldades, o doutor orienta não perder as esperanças e enxergar o cenário de forma confiante. “Será por meio das capacidades individuais e coletivas de adaptação e superação do flagelo - clínico, econômico e emocional - o caminho para as populações desenvolverem a capacidade definida pela medicina como ‘resiliência’.”

A estudante de comunicação, Beatriz Salmim, já enfrentou situações no ambiente de trabalho contrárias a sua estabilidade mental, por isso, enfatiza: “infelizmente ainda existe muito tabu no mundo quando se trata desse assunto. Algumas vezes, problemas relacionados à ansiedade ou depressão são vistos como algo irrelevante e até mesmo besteira; com isso, a maioria dos jovens prefere guardar para si e não realizar um tratamento adequado do problema.”

Beatriz já é acostumada em uma dinâmica de home office, mas compreende: o novo cenário de afastamento pode ser desafiador para o profissional. Para conviver com essa circunstância da melhor forma, recomenda: “É importante ser responsável com suas obrigações, independentemente de estar no escritório ou no seu sofá. Será um período muito bom para todos visualizarem os benefícios da atividade remota. Meu atual emprego já adota essa prática há anos. Isso nos ajuda a produzir mais, descansar e organizar as demandas com mais clareza.”

Para lidar com a distância comunitária, busque formas alternativas de manter a mente sempre saudável. Beatriz, por exemplo, investe no consumo de literatura e produções audiovisuais: “ajuda a desacelerar e dormir bem.”

Vale também buscar se exercitar, se alimentar bem e manter o otimismo. Segundo o Dr. Toufic: “em perspectiva humanista e otimista, as necessidades sociais levarão às mudanças de comportamento e atitude e estarão baseadas em fatores emocionais.”

Garanta maior produtividade em seu home office! Acompanhe as matérias do Nube para mais dicas e informações. 

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe