Você já deve ter ouvido falar dos benefícios ou impactos positivos de meditar para o nosso bem-estar, para obter bons resultados, desestressar e relaxar. Se, mesmo com esses inúmeros benefícios, você ainda não adotou a prática, talvez um outro ganho o convença: quem cria esse hábito também potencializa o aspecto profissional. Saiba mais nesta matéria!

Conscientização do nosso estado

De acordo com Vivian Wolff, coach de vida e carreira, como prática contemplativa e de aquietamento da mente, a meditação oferece tempo para conscientização de nosso estado de maneira focada. “Isso oferece um maior recurso interno para lidar com um mundo irritante, onde os nossos sentidos são muitas vezes alterados e influenciados negativamente. O hábito tem o potencial não somente de proporcionar um alívio temporário, mas de transformar nossa maneira de interagir com tudo à nossa volta”, explica.

Tipos

Segundo a especialista, existem vários estilos desse exercício para o corpo e o cérebro. Dentre eles, a Transcendental, a Zen, a Kundalini Yoga, o Shamata e o Mindfulness (ou Atenção Plena). Todos eles são excelentes e devem ir ao encontro das nessecidades do praticante.

Diferencial

Um destaque vai para a última possibilidade citada, pois se trata de uma técnica laica, passível de ser praticada por todos, independentemente de personalidade ou estilo de vida. “É uma proposta de convidar a estar presente no 'aqui e agora', notando as sensações do seu corpo, sem julgamento. Ou seja, não é preciso recitar mantras ou estar ligado a alguma religião: basta ter alguns minutos para fazer uma pausa e cuidar de você”, comenta a especialista.

Reconhecimento internacional

Ainda para Vivian, pesquisadores de todo o globo e experts em inteligência emocional, como Daniel Goleman, defendem a proposta livre de crenças ou fé como um grande recurso para autogerenciamento, consciência dos sentimentos, redução do estresse, desenvolvimento de empatia e aumento de foco. “A prática ainda age como uma ótima aliada ao aumento da produtividade e está cada vez mais difundida, atingindo desde executivos até crianças”, compartilha.

Como se adaptar

O primeiro passo para adotar essa ideia como um costume é começar a dedicar alguns minutos curtos ao longo do dia para esse tópico. “A posição pode ser sentada em uma almofada com as pernas cruzadas, deitada ou até em pé. Escolha a mais confortável para ajudar a manter a concentração nesse início. A recomendação é tentar no mesmo horário todos os dias, para incluir isso na rotina”, orienta.

Quem já conseguiu

Amanda Nascimento estuda contabilidade na Universidade Anhanguera, no Rio de Janeiro. Ela adotou esse costume em sua vida e conta como isso a transformou. “Eu sempre tive uma rotina muito agitada e me sentia exausta quase sempre. Eu comecei a me desligar de tudo por uns 30 minutos de segunda a sexta-feira e minhas energias foram se organizando”, comenta.

Portanto, siga essas dicas e veja os ganhos obtidos. Conte sempre com o Nube!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe