Capacitar e orientar times é um desafio enfrentado por diversos gestores, independentemente da área de atuação, o setor ou mercado. Justamente por isso, se atentar com as diferentes necessidades de cada contexto é essencial. Se vai treinar uma grupo para o setor de vendas, é necessário tomar alguns cuidados para garantir a assertividade. Saiba mais!

Pressão

Por lidar com uma cobrança grande e contínua, a staff responsável por negociar diretamente com clientes demanda uma atenção diferenciada e capacitação específica. “Por meio da ministração de conhecimentos e melhorias nas habilidades profissionais voltadas para esse nicho, a competência e a produtividade em oportunidades de negócio só aumentarão”, afirma Ivan Corrêa, sócio-diretor da Posiciona Educação & Desenvolvimento.

Metas
     
Essa característica, somada a outros desafios como “ter de bater metas”, é um dos motivos por exigir um curso específico para quem é do ramo. Desse modo, é essencial ponderar: “o que a área de treinamento e desenvolvimento pode fazer para orientar assertivamente os indivíduos?”.

Evandro Silva estuda publicidade e propaganda na Pontifícia Universidade Católica, PUC, de Campinas. Para ele, ter esse tipo de direcionamento ao ingressar em uma nova posição é crucial para garantir bons resultados. “Em uma das companhias onde estagiei, não tive essas orientações e somente na prática você percebe o quanto isso faz falta, dependendo da situação”, comenta.

Transformações

Um dos impasses mais importantes está relacionado com mudanças. Se o mundo está se transformando, a maneira de vender precisa de adaptações. Para atuar de maneira diferenciada, com mais estratégia, é preciso aplicar orientações capazes de seguir essa onda, afinal, a concorrência é cada vez mais feroz.

Resultados

Logo, para uma empresa obter grandes resultados frente a tantos obstáculos, é preciso de energia e dedicação, de modo a garantir profissionais aptos a vender vender valor e não preço. Desse modo, o especialista separou alguma dicas:
     
I. Quem comprará o produto?
Pergunte a si mesmo: “quem é o público-alvo dos meus produtos ou serviços?”. Crie, então, uma base de informações do cliente com, por exemplo, idade, renda, estado civil, entre outros.

II. Identifique o problema do consumidor com clareza
Qual é o problema de quem busca sua marca e quais são as possibilidades para poder auxiliá-lo? Se você identificar isso corretamente, essas pessoas pagarão para você resolver suas dificuldades. Às vezes, essas adversidades são óbvias e claras, mas outras não são.

III. Liste os benefícios do produto
Quanto mais vantagens e soluções você puder fornecer com clareza, menos será possível a insuficiência de sua solução.

Portanto, se atente a essas orientações para garantir cada vez mais rendimentos em sua gerência. Conte sempre com o Nube!

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe