Quem quer conquistar um estágio no próximo ano tem uma ótima notícia. Segundo estudo do Nube - Núcleo Brasileiro de Estágios, o primeiro trimestre de 2020 começa com a previsão de abertura de 44.600 vagas destinadas a estudantes em todo o Brasil. O dado demonstra um aumento de 14,1% em relação ao mesmo período de 2019. Pela segunda vez consecutiva, o índice supera o resultado de 2014, quando se deu o início da crise econômica no país. 

A época é chamada de 1ª Temporada de Estágios. Para os alunos do nível superior, são 38 mil chances. Já os educandos do ensino médio e técnico terão 6.600 novas oportunidades de inserção no mercado. Houve um crescimento de 15,2% e 8,2%, respectivamente. Em 2019, foram 6.100 vagas para secundaristas e 33 mil para universitários. 

Essa evolução acontece devido a fase de renovação nas empresas. Afinal, muitos educandos se formam, então seu contrato é encerrado e a lacuna precisa ser preenchida. “De 40% a 60% deles conseguem ser efetivados e agregar valor à companhia, enquanto os outros podem ir atrás de metas diferentes, até mesmo uma nova colocação. Para isso, vale manter a disciplina e foco na procura”, recomenda o presidente do Nube, Carlos Henrique Mencaci.

Portanto, é a ocasião exata de ir em busca da tão sonhada entrada no mundo corporativo. A fim de realizar a conquista, é indispensável manter o currículo sempre atualizado, objetivo e com o português correto. “Se não tiver experiências anteriores, não tem problema. Nesse caso, é válido acrescentar projetos como iniciação científica, participação em agência júnior ou em trabalhos voluntários. Isso demonstra a vontade de aprender”, assegura o presidente.

As férias escolares, outra característica do momento, também influenciam na chances de quem as aproveita estrategicamente. Afinal, muitos possíveis candidatos se concentram apenas no lazer e não participam dos processos seletivos.“As ausências se elevam bastante. Assim, quem se mantém atento e comparece nas dinâmicas, ganha pontos com os selecionadores e tem menos concorrentes”, finaliza Mencaci.

Hoje, a maioria dos processos de recrutamento é automatizada. Por isso, é fundamental estar cadastrado nos portais especializados. O Nube oferece o serviço gratuitamente para os estudantes interessados, por meio do site www.nube.com.br. O Painel de Vagas mostra todas as oportunidades disponíveis em tempo real.

Serviço: Nube prevê abertura de 44,6 mil vagas no primeiro trimestre de 2020

Fonte: Carlos Henrique Mencaci, presidente do Nube

Compartilhe