Se você se interessa por computação, tecnologias e ciências exatas, não necessariamente sua melhor escolha será ingressar em uma faculdade de tecnologia da informação. Afinal, há uma oportunidade mais generalista, capaz de abrir diferentes chances de atuação. Conheça o ramo da Ciência e Tecnologia!

O que é ensinado em sala de aula?

Para a professora e doutora Amanda Leite, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), quem escolhe esse caminho será preparado para identificar, analisar e resolver problemas, considerando aspectos políticos, econômicos, sociais, culturais e ambientais, com visão ética e humanística. “O bacharel poderá atuar no mercado no setor primário, secundário ou terciário, com funções de gestão intermediária”, comenta.

Possibilidades para o futuro

De acordo com a mestra, a perspectiva para esse nicho é positiva, visto a crescente demanda atual. Desse modo, é possível para um profissional desse campo considerar as seguintes direções:

I. Empresas privadas e instituições do setor público: estudos aplicados à área, gerenciamento em cargos acessíveis via concursos ou seleções de pessoal.
II. Setor de serviços em geral: atendimento especializado em bancos e outras entidades financeiras, comércio (vendas, gestão), corporações de pesquisa e apoio.
III. ONGs: cargos de liderança e consultoria, notadamente em desenvolvimento tecnológico.
IV. Companhias de base científico-tecnológica: especialmente nos campos de planejamento e avaliação, seja no papel de empreendedores, de recursos humanos de nível superior ou de consultoria e assessoria.
V. Corporações dedicadas ao planejamento e elaboração de políticas em Ciência, Tecnologia e Inovação.

Estatísticas

Além disso, conforme dados do último Censo do Inep/MEC, hoje há mais de 64 mil matriculados em Ciência e Tecnologia e, destes, 6.657 pegam o diploma. Além disso, segundo a Pesquisa Nacional de Bolsa-Auxílio do Nube, o estagiário da área recebe, em média, R$ 1.522,94 ao mês. Essa é a 3ª melhor colocação na lista das mais bem pagas em todo o país.

No estágio

Thabata Muniz estuda e estagia em Ciência e Tecnologia em Campinas e conta seu maior desafio nesse momento de sua trajetória. “Conciliar os horários é bem difícil, porque passo um bom tempo no transporte e isso prejudicava a minha pontualidade”, comenta. Segundo a universitária, ter organizado melhor suas tarefas a auxiliou para não ser prejudicada.

Gostou? Considere essa opção e tenha muito sucesso em sua caminhada. O Nube torce por você!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe