O fim de semana passa rápido demais? Praticamente não dá para se recuperar e voltar na segunda-feira vitalizado? Esse é um pensamento bem comum entre os brasileiros e as estatísticas só confirmam isso. Afinal, de acordo com um estudo da Expedia, a população do Brasil precisa de ao menos uma semana para conseguir relaxar no período de férias. Em contrapartida, na Ásia, os indivíduos são capazes de se recuperar em um dia apenas.

Como tirar proveito do tempo livre?

Um dos hábitos mais frequentes entre nós, tupiniquins, é resolver pendências nos momentos de recesso. Segundo a mesma pesquisa, mais de 8 em cada 10 cidadãos do território nacional buscam fazer exames médicos e resolver problemas burocráticos durante férias e intervalos como os feriados.

Estresse

Isso pode impactar, inclusive, no estresse geral. Quem aponta isso é a psicóloga Valquíria Assunção, de Campinas. “Quando não paramos para tranquilizar ou não fugimos um pouco da rotina intensa, a chance de permanecermos tensos é maior e isso pode acarretar problemas seríssimos para a saúde do corpo e da mente”, alerta.
De fato, o esgotamento é frequente. Segundo um levantamento da Isma (International Stress Management Association), o Brasil ficou em 2º lugar entre os territórios com maior irritação no contexto corporativo. São quase 70% dos colaboradores afetados por esse problema, causado, muitas vezes, pela falta de reposição de energias.

Justamente por isso, a especialista frisa a importância de valorizar todas as possibilidades de se desligar. “Principalmente nos centros urbanos, fica mais difícil fugir do trânsito, dos horários apertados e da correria, mas buscar alternativas é essencial. Não podemos submeter nosso cérebro a extremos e deixar algum problema surgir”, conta.

Por isso, Valquíria destaca algumas das opções para poder colocar o pé no chão e tranquilizar a cabeça. “Às vezes, o necessário é uma noite de sono bem dormida, mas não apenas isso. Tentar parar por algumas horas para ler um livro, ver um filme, colocar uma série em dia ou ver seus amigos e familiares é essencial e recomendado de se fazer sempre!”, relata.

Quem estuda e estagia

Um desafio ainda maior está relacionado a quem tem duplas funções, ou seja, estuda e atua no ambiente empresarial. Para esses, a dificuldade pode ser ainda maior de conciliar os horários e ter equilíbrio. Maria Eduarda é um exemplo disso. Ela estagia na área de tecnologia da informação e conta dos impasses encontrados por ter ingressado no mercado. “No começo, eu sentia não ter tempo para nada, nem para descansar. Isso me atrapalhou na faculdade, inclusive. Ficava exausta em vários momentos do dia e quase me viciei em café para tentar solucionar esse ”, conta.

Um dos meios de tentar fugir disso é saber planejar seus horários e viver de bem com o relógio. Pensando em ajudar quem mais precisa fazer isso, o Nube desenvolveu um curso on-line e gratuito com o tema “Como gerenciar o seu tempo”. Acesse-o aqui.

Siga essas orientações e promova uma transformação em sua trajetória. Conte sempre conosco!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe