Ao procurar por oportunidades de estágio, é preciso ficar atento em relação aos regulamentos e normas estabelecidos para essa prática. Assim, a assinatura do contrato acontece com maior facilidade e o aprendizado é promovido de maneira assertiva. Saiba mais!

O que é estágio?

Segundo a Lei 11.788, de 25 de setembro de 2008, essa proposta pode ser definida como o ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho. Ou seja, a característica principal desse projeto é seu caráter instrutivo e acadêmico. Desse modo, é preciso saber: quem estagia, não tem vínculo empregatício.

Sendo assim, o regulamento para exercer essa posição é diferenciado, até porque é garantida a possibilidade de admissão apenas para quem está matriculado e frequentando uma instituição de ensino médio, técnico, superior ou EJA - Ensino de Jovens e Adultos.

Quais os benefícios?

Justamente por ter um dispositivo legal próprio, as regras direcionadas a funcionários CLT não se aplicam nesse caso. Logo, FGTS, 13º salário, ⅓ sobre férias e verbas rescisórias não se aplicam.

Em contrapartida, o estudante recebe uma bolsa-auxílio, no caso da modalidade não-obrigatória, bem como um auxílio-transporte, recesso remunerado e seguro contra acidentes pessoais.

Afinal, como será meu horário?

Portanto, como a ideia é promover ao discente a possibilidade de conciliar o conteúdo aplicado em sala de aula com a prática da rotina corporativa, a carga horária é reduzida. Para quem está no 2º ou 3º grau, são, no máximo 6 horas diárias e 30h semanais. Já para as turmas de educação especial e dos dois últimos anos do ensino fundamental pelo EJA, a máxima é 4 horas ao dia e 20h na semana.

Ganhos com a vivência

Para o consultor de RH, Ian Marinho, de Campinas, ocupar uma vaga desse tipo pode ser de grande vantagem, tanto para a empresa, quanto para o profissional. “Muitas vezes, os maiores talentos de uma companhia entram como estagiários e são desenvolvidos ali mesmo, até se tornarem aptos para novos desafios”, comenta.

William Borges estuda direito da Unip - Universidade Paulista e já atua na área. Ele espera ser efetivado na organização onde está atualmente e conta como isso será vantajoso para sua carreira. “Eu consegui entrar no mercado, meu objetivo agora é me desenvolver de maneira exponencial”, conclui.

Dessa maneira, fique atento às vagas do Nube e acredite em seu potencial!Ao procurar por oportunidades de estágio, é preciso ficar atento em relação aos regulamentos e normas estabelecidos para essa prática. Assim, a assinatura do contrato acontece com maior facilidade e o aprendizado é promovido de maneira assertiva. Saiba mais!

O que é estágio?

Segundo a Lei 11.788, de 25 de setembro de 2008, essa proposta pode ser definida como o ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho. Ou seja, a característica principal desse projeto é seu caráter instrutivo e acadêmico. Desse modo, é preciso saber: quem estagia, não tem vínculo empregatício.

Sendo assim, o regulamento para exercer essa posição é diferenciado, até porque é garantida a possibilidade de admissão apenas para quem está matriculado e frequentando uma instituição de ensino médio, técnico, superior ou EJA - Ensino de Jovens e Adultos.

Quais os benefícios?


Justamente por ter um dispositivo legal próprio, as regras direcionadas a funcionários CLT não se aplicam nesse caso. Logo, FGTS, 13º salário, ⅓ sobre férias e verbas rescisórias não se aplicam.

Em contrapartida, o estudante recebe uma bolsa-auxílio, no caso da modalidade não-obrigatória, bem como um auxílio-transporte, recesso remunerado e seguro contra acidentes pessoais.

Afinal, como será meu horário?

Portanto, como a ideia é promover ao discente a possibilidade de conciliar o conteúdo aplicado em sala de aula com a prática da rotina corporativa, a carga horária é reduzida. Para quem está no 2º ou 3º grau, são, no máximo 6 horas diárias e 30h semanais. Já para as turmas de educação especial e dos dois últimos anos do ensino fundamental pelo EJA, a máxima é 4 horas ao dia e 20h na semana.

Ganhos com a vivência

Para o consultor de RH, Ian Marinho, de Campinas, ocupar uma vaga desse tipo pode ser de grande vantagem, tanto para a empresa, quanto para o profissional. “Muitas vezes, os maiores talentos de uma companhia entram como estagiários e são desenvolvidos ali mesmo, até se tornarem aptos para novos desafios”, comenta.

William Borges estuda direito da Unip - Universidade Paulista e já atua na área. Ele espera ser efetivado na organização onde está atualmente e conta como isso será vantajoso para sua carreira. “Eu consegui entrar no mercado, meu objetivo agora é me desenvolver de maneira exponencial”, conclui.

Dessa maneira, fique atento às vagas do Nube e acredite em seu potencial!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe