A tecnologia trouxe diversas soluções para a vida moderna, mas também criou alguns problemas. Um deles é a angústia causada pelo acesso rápido e excessivo de informações a todo o momento, deixando 9,3% dos brasileiros ansiosos, segundo a Organização Mundial da Saúde. Diante do cenário, a inteligência emocional se torna um grande diferencial na busca por emprego. 

A pressão psicológica da demanda por exibição e sucesso constantes, bem como a corrida contra o tempo no dia a dia lota os consultórios médicos. Uma população com a vitalidade mental tão afetada é um sintoma alarmante para o desenvolvimento econômico do país. Afinal, significa mais afastamentos no trabalho e gastos com médico.

Contudo, as exigências dos afazeres laborais continuam e, para os candidatos, o pulo do gato é ter resiliência para conduzir as situações difíceis em todos os âmbitos. Isso porque se a pessoa não estiver com a vida familiar bem, por exemplo, automaticamente seu ofício será afetado e vice-versa.

Na visão de Camila Serna, assistente de recursos humanos na Unifacilities, em Brasília (DF), sem o domínio dos sentimentos o profissional não alcançará o sucesso. “Especialmente se ocupa um cargo de liderança. Ter o controle sobre si e não agir por impulso é fundamental para não influenciar na qualidade das atividades exercidas, nem prejudicar o relacionamento interpessoal com os colegas”, explica.

Identifique e aprimore a qualidade

Porém, antes de colocar no currículo ou afirmar na entrevista possuir a habilidade, é necessário entender seu significado. Segundo pesquisa do livro Inteligência Emocional 2.0, de Travis Bradberry e Jean Greaves, apenas 36% das pessoas possuem essa característica. 

Ela é formada por competências como autoconsciência e autocontrole das emoções, orientação para realização, otimismo, adaptabilidade, empatia, consciência organizacional, influência, treinamento e mentoria, gestão de conflitos, liderança inspiradora e trabalho em equipe. 

“O caminho para a evolução da inteligência emocional não é linear. É comum ter períodos estagnados e outros mais acelerados. Uma dica é se concentrar sempre na orientação para a realização, pois ela ajuda muito na hora de organizar e executar as tarefas diárias. É uma base para as aptidões seguintes”, ressalta Tânia Ludovico, executiva de RH da innovativa Executivos Associados.

Em um mercado cada vez mais concorrido, aprimorar-se é indispensável. Assim, aproveite para se cadastrar em nosso site e realizar o curso gratuito “Tenha sucesso em processos seletivos”. Dessa maneira, você aumentará suas chances de sucesso. Boa sorte!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe