O estágio é conhecido por ingressar milhares de pessoas no meio laboral. De acordo com a Abres, a Associação Brasileira de Estágios, há apenas 1 milhão de estagiários no Brasil. Contudo, temos quase 18 milhões de estudantes aptos a participar da atividade. Por isso, é fundamental entender a importância do programa e seu funcionamento.

Para participar da modalidade, de acordo com a lei 11.788, é preciso estar estudando, frequentando e matriculado em uma instituição de ensino de nível médio, técnico ou superior, além de ter mais de 16 anos. Denominado como “ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho”, o objetivo do programa é possibilitar ao aluno colocar em prática todo o conteúdo visto em sala de aula.

Segundo Rachel Rey, especialista em RH e desenvolvimento, do Rio de Janeiro, na maioria das vezes, esse é o primeiro contato do indivíduo com o mundo corporativo, no qual ele tem a oportunidade de vivenciar o dia a dia da função e normas de uma organização. “Esse início será a base e alicerce para o jovem se adaptar e realmente experienciar um trabalho”, completa.

Nesse processo, ele participará da rotina dos colaboradores e, por isso, é imprescindível sua abertura a aprender como funciona a área e os setores da organização onde irá atuar. Para isso, a especialista pontua como competências fundamentais, o trabalho em equipe, a visão multifuncional, postura e comportamento profissional, respeito às regras de convivência, administração do tempo e inteligência emocional para lidar com as pressões e frustrações.

Ana Karolliny Castro cursa publicidade e propaganda e já está estagiando na área. Para ela, a caminhada está sendo muito construtiva e agradável, contando com muito auxílio e suporte. “Por ser minha primeira vez no mundo do trabalho, aprendo diariamente, alcançando objetivos antes inimagináveis, melhorando meu senso de organização e minha comunicação. Tenho vontade de fazer o meu melhor”, conta.

A especialista ainda alerta sobre levar a experimentação com seriedade, foco e dedicação. “O estágio pode patrocinar carreiras. Dar bagagem a esses jovens é mostrar ao mercado, a importância de conceder a chance e contar com grandes talentos para crescer e inovar”, comenta.

Esse momento, segundo Rachel, será um facilitador para as decisões em sua trajetória, pois assim, ele conseguirá definir se realmente quer seguir com a profissão escolhida e de qual maneira irá exercê-la. “Apenas experimentando os momentos e trocando conhecimentos com as pessoas podemos saber qual caminho queremos ou não. Contudo, não se limite a uma única experiência, pois organizações são diferentes e há muitas vertentes a serem exploradas dentro de uma carreira”, alerta.

Portanto, aproveite essa oportunidade e desfrute dos melhores aprendizados possíveis. Além disso, leia esta matéria Dicas para ter sucesso no estágio e boa sorte em sua jornada!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe