Diversos estudos confirmaram: somos todos pensadores visuais. Por isso, quando traduzimos as informações visualmente, conseguimos liberar todo seu potencial e colher os benefícios. Para as informações serem de fato absorvidas e memorizadas, elas precisam passar por uma combinação de estímulos. Eles podem ser ópticos, auditivos, de leitura/escrita ou cinestésica.   

Cada indivíduo estabelece ao menos duas dessas conexões com os estímulos emocionais para processar os dados. Segundo John Medina, especialista sobre o cérebro humano, somos ótimos para lembrar de imagens. Ao escutar uma informação você recordará de apenas 10% após três dias, se incluirmos uma figura, 65%.

Ambiente de trabalho

Dando como exemplo o mundo empresarial, ele muda diariamente e as equipes precisam absorver novos processos, conceitos e regras. A aprendizagem contínua é facilitada com a linguagem visual, sendo possível:

+ 55% retenção de conteúdo

+ 45% poder de persuasão

+ 42% respostas rápidas

+ 36% capacidade de consenso

+ 28% reuniões mais rápidas

+ 13% rapidez nas respostas

Assim como as pessoas podem "verbalizar" o seu pensamento, elas podem "visualizar" o mesmo. Assim, os elementos são delineados por meio de arte e princípios de design. Um diagrama e uma pintura são exemplos. Suas unidades estruturais costumam incluir linha, forma, cor, movimento, textura, padrão, direção, orientação, escala, ângulo, espaço e proporção.

Opinião do especialista

Para Renato Gangoni, CEO da Visual Insight Training, estão presentes definições de percepção, compreensão e produção de sinais visíveis. “Graças a essa capacidade, conseguimos entender mapas, por exemplo, feitos a partir de padrão, orientação, entre outros”, afirma. Ele reforça os benefícios na aprendizagem, como um potencial para se comunicar melhor, aumentar o engajamento, facilitar o entendimento, hierarquizar as informações, conectar conceitos, proporcionar associação de conhecimentos e aumentar em até seis vezes o entendimento e assimilação. “Hoje, uma das principais barreiras é tempo disponível e a linguagem visual faz a diferença em conseguir explicar os dados de forma rápida e fácil de ser assimilada”, finaliza.

Quer saber mais sobre o assunto? Veja nossa matéria sobre “Estilos de aprendizagem” e fique preparado.

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe