Depois de se deparar com a realidade da profissão, muitas pessoas acabam sentindo vontade de mudar de área. Segundo pesquisa da Glassdoor, a conexão com a missão de vida é o fator mais levado em conta neste momento, sendo a opção de 29,6% dos 4.492 respondentes. Contudo, como realizar uma transição de carreira com sucesso?

Os fatores sociais ainda são muito relevantes na escolha do ofício, direcionando os indivíduos a entrarem em cursos com os quais não sentem afinidade, visando apenas status e retorno financeiro. “Aí se formam, até se tornam bons profissionais, mas não sentem prazer na atividade e, apenas quando estão estabilizados, buscam ir para o caminho desejado, ou quando os fatores psicológicos começam a falar mais alto”, opina a estagiária Marília Gabriela Silva.

A boa notícia é: existe a chance de sair da zona de conforto e navegar por águas desconhecidas, mas também se abrir para novas possibilidades e experiências. Por isso, Lilian Carmo, diretora da Febracis em Campinas (SP), aponta cinco pasos para esta ação: 

  1. Identificar o propósito: é a engrenagem motora de qualquer atividade. Ele vai substanciar os momentos tempestuosos e de dificuldade, durante o processo de modificação. Além disso, reduz categoricamente a chance de erro.
  2. Planejar: falamos de uma trajetória nova, portanto, vale se debruçar com calma e muita atenção quanto aos objetivos (intangíveis) e metas (tangíveis, inclua prazos) para esse cenário. Adicione no plano todas as habilidades necessárias para a função e lembre-se das competências técnicas e das comportamentais.
  3. Degrau dos riscos e da capacidade inata de superação diante de adversidades: desse escopo, muitas habilidades podem surgir e agregar valor. No entanto, assumir perigos está diretamente associado ao medo e, neste contexto, esbarramos em circunstâncias pessoais. Saiba isolar esses temores e busque ajuda para trabalhá-los.
  4. Buscar conhecimento: primordial. A princípio, a leitura é sua melhor aliada. Procure artigos acadêmicos, revistas especializadas e se debruce sobre livros com sinergia aos seus desafios e sobre autoconhecimento também. 
  5. Ação: etapa divisora de águas para sair da inércia. Coloque em prática o plano desenhado lá atrás e lide com os resultados de cada etapa, sejam positivos ou negativos. Aprenda nos tropeços e sedimente a vivência. Celebre os acertos e avanços. Nesta fase, use seu networking e engaje sua rede com o desenrolar da sua nova rota.

Conte com o Nube e boa sorte!

 

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe