Em casa, no ofício ou no lazer, estamos cercados a todo o momento por diversas relações entre indivíduos. O nome geralmente não é muito conhecido, mas praticamos esse tipo de contato diariamente ao conviver com diferentes perfis de personalidade. Saiba mais!

Como seres sociais, todos nós desenvolvemos algumas habilidades interpessoais desde o início da vida. Assim, colocar as já existentes  em prática e aprender as demais são as partes as quais requerem esforço. Portanto, veja as dicas de Carolina Manciola, Sócia-Diretora da Posiciona Educação & Desenvolvimento, para desempenhar a competência no trabalho:

Comunicação verbal: o primeiro passo é discorrer sem pressa e com consideração, validando as opiniões do outro em relação às suas colocações.       

Diálogo não-verbal: expressões faciais, contato visual, postura, voz e gestos são alguns exemplos capazes de revelar as suas verdadeiras intenções, sejam elas boas ou ruins.                       

Ouvir: se alguém fala, os outros precisam escutar. O ciclo da interlocução não se completa enquanto o ouvinte não decifra a mensagem.           

Cordialidade: é algo indispensável no trato com outras pessoas, ainda mais considerando um contexto de equipe.           

Respeite a Diversidade: assim como nós, cada um tem sua origem e história, dignas de serem sempre honradas e respeitadas.            

Mantenha o Respeito: é a base de todo relacionamento interpessoal e uma prova de civilidade e humanidade.                       

Questionar: ótima maneira de começar uma conversa. No entanto, a atitude deve instigar o grupo a pensar em novas maneiras de resolver um contratempo.       

Boas maneiras: saber se portar pode evitar alguns obstáculos na conversação.

Solução de problemas: identifique o obstáculo, entenda-o, examine as possibilidades, proponha um sistema estratégico e coloque o plano em prática.

Consciência Social: estar em sintonia com quem está à sua volta é fundamental para desenvolver as atividades laborais.

Gerenciamento pessoal: assim como é importante saber controlar os seus próprios sentimentos.

Na visão de Silvio Melo, gerente corporativo na Santa Casa de Misericórdia em Maceió (AL), a relevância desse aspecto está crescendo. “As empresas têm valorizado os profissionais com ótimo desempenho nas competências comportamentais, pois favorecem o clima organizacional, em detrimento daqueles com excelentes habilidades técnicas, mas péssimo trato com gente, instabilidade emocional e conflitos com demais colaboradores”, explica.

 

Conte com o Nube e boa sorte!

 

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe