Você já ouviu falar em secretariado? Essa é mais uma das opções para se graduar no ensino superior. Porém, além de considerar quanto recebe alguém formado na área, também é preciso estar ciente das atividades exercidas por esse profissional.

As principais atribuições de quem ocupa esse cargo, segundo Maria Christianni Coutinho Marçal, coordenadora da graduação na Universidade Federal do Pernambuco (UFPE), estão conectadas às atividades gerenciais, de assessoria, empreendedorismo e de consultoria. “Os estudos contemplam conteúdos relacionados às técnicas secretariais, da gestão, da administração e planejamento estratégico nas organizações públicas e privadas”, conta.

Ainda de acordo com a professora, são múltiplas as funções exercidas nessa carreira de acordo com as especificidades de cada organização. Algumas delas são:

1. Gestão do fluxo de informações e comunicações internas e externas;
2. Delegações gerenciais, com domínio em planejamento, controle e direção;
3. Compreensão e análise do nicho de atuação da entidade contratante e a concorrência;
4. Soluções a problemas organizacionais identificados.

Segundo a coordenadora, as perspectivas para esse mudarão para os próximos anos. “O perfil mais operacional vem perdendo espaço no meio de tanta tecnologia e, por isso, a posição estratégica é mais exigida. Conforme a Pesquisa Nacional de Bolsa Auxílio, realizada pelo Nube, o estagiário dessa profissão recebe, em média, R$ 1.110,04. Segundo o Censo Inep/MEC, são 11.389 matriculados nesse curso e 2,4 mil concluintes.

Giuliana estuda na Universidade Anhembi-Morumbi, em Campinas e estagia. Justamente por já vivenciar a rotina desse campo, ela indica: “me ajudou muito ter começado a procurar oportunidades desde o primeiro semestre, porque você já começa a ter uma visão mais ampla sobre o mercado e pode ir definindo seus planos com o tempo”, conta.

A coordenadora ainda ressalta: desenvolver suas capacidades de maximização e otimização dos recursos tecnológicos garantem mais chance de sucesso nesse mercado.
“É crucial ter uma eficaz utilização de técnicas secretariais, com renovadas ferramentas, imprimindo segurança, credibilidade e fidelidade no fluxo de informações. Além disso, demonstrar iniciativa, criatividade, determinação, vontade de aprender e abertura às mudanças é essencial”, conclui.

Já de acordo com o professor universitário da UFPE, André Regis, as principais características buscadas em quem pega o diploma nesse nicho são: “raciocínio lógico, português de alto nível - inclusive, com domínio dos principais manuais de redação e estilo - e, sem dúvida, a fluência em inglês, a qual não é mais um diferencial, mas sim um pré-requisito”, aponta. Para Regis, conhecimentos gerais e social skills (habilidades sociais) são fundamentais.

Agora, você já tem alguns detalhes para tomar sua decisão. O Nube te deseja sucesso em sua jornada!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe