Qual foi sua última ação solidária? Talvez, com a correria do dia a dia, não nos damos conta de como as pequenas atitudes podem fazer diferença dentro de um grupo. No ambiente corporativo não é diferente. Participar de ações voluntárias na empresa contribui para o convívio em comunidade.

Para Karina Bertolla, supervisora de comunicação e responsabilidade social da Allianz Partner, quando você está inserido em outro grupo, fora do seu setor e longe dos seus colegas de trabalho diário, você é automaticamente forçado a desenvolver competências, as quais muitas vezes não são exigidas na sua rotina. “A companhia ao permitir essa atividade, possibilita também o início de um processo de conscientização. Ser solidário ajuda a entender os desafios sociais”, comenta.

A especialista ressalta a importância desses trabalhos serem organizados com a ajuda de um líder. “É interessante escolher quem não exerça essa função no cargo atual, pois assim, surge a oportunidade de praticar uma nova capacidade. Além disso, como porta-voz de campanhas e ações, ele desenvolve a capacidade de falar com o público”, considera.

Com a possibilidade de integração, o networking acontece naturalmente. Para Karina, é importante promover atividades nas quais as habilidades necessárias sejam as mesmas exigidas pelo empreendimento em seu processo de avaliação de performance e desempenho. “Isso estimula ainda mais o voluntário – enquanto ajuda pessoas, está tendo a chance de aprimorar a carreira também”, considera.

Há benefícios também em outros sentidos. A especialista destaca a sensação de gratidão e felicidade proporcionadas, a melhoria no bem-estar e a intensificação do sentimento de orgulho em pertencer àquela organização. Afinal, há quem se emocione, outros melhoram o humor e também alguns repensam sobre questões da sua vida!

Ana Paula Morais do Vale, estudante de administração, na Universidade Católica de Brasília, já participou da prática. Sua motivação partiu da vontade de causar algum impacto positivo na vida de alguém, mas foi ela quem recebeu verdadeiras mudanças. “Trabalho em equipe, empatia e aItruísmo foram os principais aprendizados. Ouvir histórias de vida, ver pessoas sorrindo por receber uma visita… isso não tem preço”, conta.

Começar com o pouco já é o suficiente para o resultado final. A sugestão dada pela especialista é iniciar com campanhas de arrecadação de roupas e brinquedos, ou ações voltadas às instituições e comunidades mais carentes, Karina lembra: “o prazer de quem exercita uma atitude solidária é sempre superior à gratidão de quem recebe. É fazer parte da construção de algo maior... é o seu legado! Isso nenhum salário paga”.

E você? Já pensou em fazer algo do tipo? O Nube, certamente, apoia sua decisão!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe