A pesquisa The Employer´s Guide to Financial Wellness, dos Estados Unidos, fez um levantamento para entender sobre a produtividade dos funcionários. De acordo com o estudo, o endividamento dos profissionais diminui o rendimento em 15%. Quer saber mais sobre o assunto? Leia nossa matéria!

Outro estudo feito em 60 empresas pela consultoria Blue Numbers revelou: os empregados com dívidas chegam a perder, em média, uma hora por dia para resolver problemas pessoais. Resultado ruim no emprego, é um problema comum entre os trabalhadores brasileiros. Mais de 80% enfrentam dificuldades financeiras, segundo levantamento realizado pela Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin).

Para lidar com essa realidade, algumas ideias já surgem no mercado e propõem não só tirar o indivíduo do vermelho, como também torná-lo poupador. É o caso de estabelecimentos responsáveis por oferecer soluções para CLTs. Ou seja, orientar a terem as finanças equilibradas por meio de crédito consciente e produtivo, com taxas personalizadas ao perfil.

“O aumento dos déficits é um problema comum entre os tupiniquins e não deve ser ignorado. Consome o tempo e a energia. Por isso, oferecemos não só a oportunidade de desafogar a carteira, como educação sobre o tema. A ideia é não ter mais reincidências”, diz Fernando Ferraz, sócio da H3R.

Contudo, essa situação também é muito vivenciada pelos empreendedores. Foi o caso da arquiteta Ane Calixto. A carioca acumulou experiência como estagiária em grandes organizações e resolveu montar o seu próprio escritório. Com dinheiro guardado e um bom networking, abriu um empreendimento responsável por vender serviços para as construtoras das quais já tinha relacionamento.

Entretanto, acabou afundando em despesas. “Ninguém quis contratar a minha corporação, pois já tinham seus parceiros. Passei dois anos sem nenhum consumidor, perdi todo o dinheiro e fiz contas gigantescas. Eu estava falida”, conta. Ane chegou a conclusão de ser preciso tentar algo diferente, mudar sua postura e ter uma visão global. “Decidi alterar o nome da instituição, fazer um novo site e oferecer todos os serviços, todos mesmo, ligados a arquitetura e mirar os alvos em pessoas comuns”, conta. Essa transformação fez aumentar sua performance e ela conseguiu se fixar como uma das melhores do ramo.

Portanto, se você vive essa experiência, pare, reflita sobre as oportunidades e dê a volta por cima!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe